Primeiras Impressões: Citrus Se o seu PC fica na sala, cuidado! Assista a Citrus em locais onde sua mãe não passe atrás de você.

Vitor Nascimento
(Podcaster)
@ifusic
©Passione/Saburouta

Citrus – Ficha Técnica 

Gênero: Drama, Romance, Shoujo Ai, Vida Escolar
Estúdio: Passione
Baseado em: Mangá
Diretor: Takeo Takahashi
Data de estreia: 06/01/2018

Parte Técnica 

O estúdio Passione trouxe uma animação bonita para o anime. Nesse quesito acho que não teremos grandes problemas; durante os vinte minutos, a arte se mostrou consistente. Falando um pouco da trilha sonora: a abertura é empolgante! Ela é executada pela banda nano.RIPE – que também esteve presente recentemente no encerramento de Shokugeki: San no Sara. O nome da música é Azalea; a mesma traz um clima descontraído e instigante para o telespectador. Mia REGINA, que eu elogiei bastante pela abertura de Code:Realize, é quem canta o encerramento.

Sobre o Enredo

Yuzu Aihara chega a uma nova cidade. Apesar da mudança de ambiente, seu principal objetivo ainda é o mesmo: arrumar um namorado e dar o seu primeiro beijo. Porém, ela entra para uma escola somente de garotas. Se fosse de garotas normais, tudo bem, entretanto, são garotas que têm que seguir um regime muito rígido. Mesmo frente a isso, a empolgação da protagonista não diminuí; algumas cenas depois ela encontra Mei Aihara, a presidente do conselho estudantil. Aqui, temos uma cena interessante.

Nos meados do episódio há uma reviravolta. Yuzu assiste a uma cena na escola e saí correndo para casa, contudo, a garota que protagonizou essa cena chega até a casa dela com uma notícia para lá de inusitada. Sério! Foi o ponto alto esse plot twist – assistam! O anime não quer apenas jogar um Yuri por fã service na sua cara, ele traz uma profundidade emocional das personagens. É um roteiro que se bem trabalhado, teremos um bom anime em tela. Resumidamente: acho que podemos esperar mais surpresas nesse enredo.

©Passione/Saburouta

Expectativas

Depois de assistir ao primeiro episódio, vi que podemos ter um enredo amarrado de uma forma legal. Muitos falam bem do mangá, o que gera mais um motivo para assistir à adaptação. Se você quer uma desculpa para ver Citrus alegue – tem história. E realmente tem, não é desculpa para ver um Shoujo Ai. Agora, é reparar como esse relacionamento das duas protagonistas vai avançar, afinal, aquela reviravolta que eu disse torna tudo “muito errado”. Você que estava na dúvida: pode assistir. Pelo menos o primeiro episódio é instigante. O anime estará em lançamento semanal pelo Crunchyroll.

Nota: 4/5 – Superou as expectativas 

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.