Primeiras Impressões: Jibaku Shounen Hanako-Kun A Loira do Banheiro Japonês

Josenilson Vinicius
(Pauteiro do UNITEDcast)
Square Enix/TBS/Lerche/Jibaku Shounen Hanako-kun
©Square Enix/TBS/Lerche/Jibaku Shounen Hanako-kun

Ficha técnica – Jibaku Shounen Hanako-kun

Gênero: Comédia, Sobrenatural e Escolar
Estúdio: Lerche (Assassination Classroom e Kanata no Astra)
Baseado em: Mangá
Diretor: Masaomi Andou (Kanata no Astra, Kuzu no Honkai e Gakkou Gurashi)
Data de estreia: 09/01/2020

Sinceramente não espero nada de Jibaku Shounen Hanako-kun pois basicamente desconhecia sua premissa até algumas semanas atrás quando surgiram os vídeos de previews da temporada, mas conheço esse character design pois já vi várias vezes a capa do mangá em vários sites e aplicativos de mangá, até mesmo nos legais, mas nunca tomei coragem para ler a história, muito graças a minha preguiça, então espero que a história seja boa pois temos um bom estúdio e um bom diretor na obra então no mínimo será razoável.

Square Enix/TBS/Lerche/Jibaku Shounen Hanako-kun
©Square Enix/TBS/Lerche/Jibaku Shounen Hanako-kun

Sinopse:

“Hanako-san, Hanako-san … você está aí?”
Na Academia Kamome, existem muitos rumores sobre os Sete Mistérios da escola, um dos quais é Hanako-san. Ele diz para ocupar a terceira banca do banheiro feminino do terceiro andar no prédio da velha escola, Hanako-san concede qualquer desejo quando convocada. Nene Yashiro, uma garota do ensino médio que gosta de ocultismo que sonha com romance, se aventura nesse banheiro mal-assombrado … mas a Hanako-san que ela conhece não é nada como ela imaginou! Hanako-san da Kamome Academy … é um menino!

Square Enix/TBS/Lerche/Jibaku Shounen Hanako-kun
©Square Enix/TBS/Lerche/Jibaku Shounen Hanako-kun

Expectativas:

Como é bom conhecer uma obra do nada, foi incrível descobrir Hanako-kun, a mesma é engraçada e tensa na medida certa, óbvio que teria uma bela animação pois Lerche está voando nesse quesito nos últimos anos e o diretor também pois conseguiu criar algo que remete a Madoka Magica com uso de um design infantil para mostrar algo sobrenatural, como Monogatari ou seja um visual rico mas facilmente compreendível e até mesmo Disgaea pois mesmo tudo (design) muito carregado tudo é cômico o suficiente para nos fazer rir ainda levando a história a sério.

O fato de ser uma pequena modificação da lenda japonesa da Loira do banheiro que dessa vez é um menino ao invés de uma menina já faz uma diferença pois temos uma fofa protagonista  feminina que está desesperada por um amor, mas o fato de tudo começar com ela buscando uma lenda do colégio foi muito genérico mas compensou mostrando o lado cômico nos primeiros minutos.

Espero que a história do anime continue interessante em relação tanto ao sobrenatural quanto para o lado cômico pois o diretor é bom para isso então negligenciar tal atributo será uma bola fora para a série.

Nota:5/5 – Vai que é boa.

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of