Primeiras Impressões: Akudama Drive Uma direção de arte sensacional!

KaisenKYO
Akudama Drive
©Akudama Drive

Ficha Técnica: Akudama Drive

Gênero: Ação, Sci-Fi

Estúdio: Studio Pierrot

Diretor: Taguchi, Tomohiro

Autor: Kodaka, Kazutaka

Origem: Original

Data de estreia: 08 de outubro

Neste primeiro episódio da animação original do estúdio PierrotAkudama Drive“, nós entramos de cabeça em Kansai, um distrito envolto em tecnologia e criminalidade. Os maiores criminosos de Kansai recebem o título de “Akudama“, dentre eles existem mercenários, hackers, ladrões, enfim, todo tipo de criminoso; e é a um grupo de criminosos deste tipo, ao qual nós somos apresentados.

A primeira personagem com que temos contato é uma garota aparentemente comum que levava uma vida simples, porém, por conta de diversos infortúnios acabou se envolvendo com mercenários da Akudama, dentre eles estão: Hakobiya (“mula” em português), Kenkaya (“pugilista” em português), Hacker, Isha (médica em português) e Chimpira (um tipo de “gangster”), estes Akudama acabam recebendo a mesma missão, impedir a execução de Satsujinki (“degolador” em português).

Ao assistir “Akudama Drive” é impossível não notar a semelhança estética com “Blade Runner“, o uso compulsivo de LED’s, os anúncios para todos os lados, prédios enormes e dirigíveis sendo utilizados como transporte público; devo admitir que até me impressionei com a cena em que o carro é impedido de entrar na calçada por conta de uma barreira elétrica que é formada quando ele se aproxima, tipo aquelas de jogos de corrida, sabe?

Além da estética “cyberpunk”, uma das coisas que me impressionou foi como a Pierrot conseguiu mesclar o 2D e o 3D sem que ficasse estranho, apesar de perceptível a mudança, a animação não perde pontos por isso.

Por mais que eu não tenha tido contato com todas as obras do Kodaka, eu já cheguei a jogar alguns jogos da franquia “Danganronpa“, e posso dizer que se existe algo que ele saiba fazer, esse algo é brincar com os estereótipos, e aqui em “Akudama Drive” eu acredito que não será diferente; nós temos o personagem “frio e calculista”, o hacker super inteligente que se acha superior a todos, o brutamontes que adora cair na porrada, o medroso, enfim, ele consegue trabalhar esses tipos de personagem sem que eles fiquem superficiais demais.

Mas se tem algo que eu posso criticar é a administração de tempo do episódio, acredito que o diretor poderia ter deixado mais tempo para a apresentação dos personagens, o episódio passou e nós não vimos nada além das características mais marcantes deles; por mais que esse seja o primeiro capítulo e eu ache que essa “correria” foi proposital, ao se apresentar tantos personagens assim de uma só vez é preciso tomar cuidado para não deixar nenhum de lado. Contudo, a direção de arte está perfeita, paleta de cores, as transições e “telas de apresentação” muito semelhantes a de jogo; o tema de abertura escolhido “STEAL!!” da banda SPARK!!SOUND!!SHOW!!, mistura rock com música eletrônica e combina perfeitamente com a pegada do anime, a direção de arte e trilha sonora estão incríveis!

Akudama Drive
©Akudama Drive

Sinopse:

 Há muito tempo, estourou uma guerra no Japão que colocou Kantou contra Kansai e dividiu o país. Kansai se tornou dependente de Kantou, mas lentamente a polícia e o governo começaram a perder o controle de Kansai para criminosos conhecidos como Akudama.

Akudama Drive
©Akudama Drive

Expectativas: 

Conhecendo um pouco do trabalho da Pierrot, do Kodaka e da equipe dele, eu acredito que “Akudama Drive” está em boas mãos. Apenas acho que se deve tomar mais cuidado com a administração de tempo de cada episódio e em meio às cenas ação, dar mais atenção aos personagens.

Pela frente eu vejo muito sangue (um pouco censurado as vezes), LED’s e principalmente plot twists, vendo a qualidade com que o primeiro episódio foi feito eu acredito que “Akudama Drive” vai dar muito o que falar.

Nota: 4.5/5.0

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments