Análise e Impressões: Koutetsujou no Kabaneri: Unato Kessen Saiba os detalhes do filme e também de sua dublagem...

Gabriel Barcelos
(Redator do Blog)
Koutetsujou no Kabaneri
©Koutetsujou no Kabaneri

E acaba de chegar na Netflix o filme “Koutetsujou no Kabaneri: Unato Kessen”, que dá continuidade a história vista no anime que foi lançado em 2016 e possui 12 episódios. Abaixo vamos falar não só dos detalhes técnicos e história do filme como também da dublagem que ele recebeu.

Sobre o Filme:

Koutetsujou no Kabaneri: Unato Kessen
©Koutetsujou no Kabaneri: Unato Kessen

Sinopse: ”A história acontece no país insular Hinomoto, onde humanos se escondem em fortalezas chamadas estações, contra a ameaça de seres parecidos com zumbis com corações de aço conhecidos como Kabane. Apenas locomotivas blindadas conhecidas como Hayajiro vão entre as estações.”

Estúdio: Wit Studio

Lançamento: 10/05/2019 (Japão) e 13/09/2019 (Brasil)

A parte técnica do filme não poderia ter ficado ruim, afinal assim como o anime, a equipe responsável é a mesma de Shingeki no Kyojin, deixando a experiência nesses quesitos muito boa e semelhante a boa qualidade de animação e trilha sonora que vemos em Shingeki.

Na história percebemos, desde o anime que possui uma inspiração bem forte em Shingeki, o que faz com que o anime/filme percam um pouco da originalidade, mas isso é compensado com alguns outros aspectos, para que no fim tenhamos uma boa experiência.

Falando especificamente do filme, particularmente eu esperava um pouco mais, afinal ele é uma continuação direta do anime, mas a impressão que passa é de um filme com história a parte, faltou um enredo mais empolgante, parecia mais do mesmo, inclusive até mais fraco que o clímax do anime. Mesmo assim, não é ruim, apenas poderia ter uma história mais impactante.

Apesar de tudo, ele ainda teve cenas bem empolgantes e um avanço na relação dos protagonistas, como vemos nas imagens abaixo (a 2ª imagem abaixo contém SPOILER do filme, portanto pulem caso não queiram ver):

 

Mumei e Ikoma
Não, não é o que vocês estão pensando!
Ikoma e Mumei
Sim, é o que o vocês estão pensando!

Sobre a dublagem:

Pois é, mesmo que o anime não tenha recebido uma dublagem, o fato de o filme ter vindo através da Netflix fez com que o mesmo recebesse uma, e vamos comentar um pouco sobre o assunto abaixo.

Estúdio de Dublagem: Unidub

Direção de Dublagem: Glauco Marques

Elenco de Dublagem:

  • Mumei: Vii Zedek;
  • Ikoma: Robson Kumode;
  • Kageyuki: Alexandre Marconato;
  • Sukari: Daniel Figueira;
  • Kurusu: Felipe Zilse;
  • Kibito: Francisco Junior;
  • Suzuki: Marcelo Salsicha;
  • Yukina: Thais Durães;
  • Kajika: Leticia Celini;
  • Ayame: Michele Zampieri.

Como vimos acima, tivemos grandes vozes na escalação para o filme, destaco também algumas vozes que não vemos com tanta frequência na Unidub, e isso é bom, maior variação representa menos repetição de vozes utilizadas nos últimos animes dublados na casa. E posso dizer como alguém que há poucos dias re-assistiu o anime legendado, tive uma boa experiência com esse elenco, a maioria casou muito bem com os personagens.

Destaco os protagonistas, o Robson Kumode no Ikoma e a Vii Zedek na Mumei, o primeiro conseguiu fazer o que na minhão visão faltou no último anime lançado da Unidub com sua participação (My Hero Academia – 2 Heróis), lá faltou uma certa individualidade para o personagem Todoroki, aqui por outro lado ele não só conseguiu como achei o desempenho dele muito bom, talvez até melhor em alguns aspectos que a voz original.

A Vii Zedek também conseguiu ter um bom desempenho, a interpretação dela ficou muito boa, mas vale fazer uma ressalva, achei que em algumas reações (principalmente em algumas batalhas) faltou ser mais fiel a cena, algumas vezes chegava a lembrar um pouco fandub, mas ainda sim ela tirou de letra na maior parte do filme.

Seguimos falando do diretor, o Glauco Marques, que vale ser elogiado, conseguiu um elenco diferenciado e bom para o filme, é justamente o ponto que cito sobre as dublagens da SDVC com apenas um diretor, quando vemos mais variação, vemos também elencos em parte diferenciados, o que com a quantidade de animes sendo dublados, deixa a experiência melhor.

Vale uma pequena crítica com relação às pronúncias, teve alguns erros e também inconsistências, ora falava-se de um jeito, ora de outro.

Conclusão:

Por fim tivemos um saldo positivo, ainda que esperasse mais do filme. Fico com a expectativa de uma continuação, seja em anime ou até mesmo um novo filme, para que possamos ver um final de fato para história, por se tratar de um anime original, essa seria a única forma de a termos.

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of