Exigimos o direito de nos contradizer!! Até que ponto manter suas convicções é o certo?

Fabio Andrade
(Redator do Blog e Podcaster)
Dragon Ball Z
© Dragon Ball Z

Muito se fala sobre a importância de se ter uma opinião e de manter a mesma não importa o que aconteça, muitos acreditam que isso é uma virtude, mas realmente é verdade? Manter um ponto de vista ou pensamento realmente é o certo a ser feito? Em seu livro que tem como título: Iludidos pelo Acaso, o Doutor Nassim Taleb conta uma história muito interessante, ele fala sobre um movimento que surgiu na França (se não me engano) e tinha como lema o título deste post: “Exigimos o direito de nos contradizer!”

Dentro do universo de Dragon Ball, nos foi apresentado a história de um Sayajin chamado Vegeta, este referido senhor é o príncipe desta raça, a história nos conta que praticamente todos os Sayajins foram extintos pelo então super invencível Freeza. O ponto é o seguinte, Vegeta era o vilão da história, responsável por dominar mundos e entregar os mesmos ao governo de Freeza, em um determinado momento ele vai atrás de nosso Kakaroto.

Esse arco é um dos melhores – na minha opinião, dentro do universo, e um fenômeno curioso vai tomando conta do personagem, depois de ser poupado por Kuririn, ele retorna para se curar e novamente o destino une a todos no mundo de Namekusei. Depois de muitas idas e vindas na história, o príncipe orgulhoso muda de lado, o mesmo passa para o lado dos habitantes da terra e chega até a se sacrificar na saga de Majin Boo.

Dragon Ball Z
© Dragon Ball Z

Como podemos ver, ao se deparar com um novo povo, um ambiente de família, se apaixonar e constituir uma família, alguém que era “do lado negro da força” volta para lado dos mocinhos, encontrar motivações é a melhor coisa que pode acontecer na vida de alguém, depois de tudo o que passou, Vegeta abraçou o direito de se contradizer e mudou a sua postura de ser e seu modo de agir.

Em muitos momentos, manter as convicções e posturas são o certo a se fazer, entretanto, o problema é quando confundimos postura firme com teimosia, veja, não é errado mudar de opinião, um grande pensador chamado Immanuel Kant disse que “O sábio pode mudar de opinião. O ignorante, nunca!”

Revisitar ideias e pensamentos é o melhor caminho para se manter um caminho racional e correto, que possamos (todos nós) entender que não é feio ou errado mudar de opinião, o errado é ser intransigente, nem sempre estamos certos, nem sempre as melhores ideias vem de nós, que possamos – sempre que for necessário, exigir o direito de nos contradizer e mudar de postura!!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

4
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Fabio AndradeTarcísio BentoMardonio Pereira Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Mardonio Pereira
Visitante
Mardonio Pereira

Adorei o artigo. A evolução do Vegeta como personagem de DBZ é algo incrível.

Tarcísio Bento
Visitante
Tarcísio Bento

Bom, eu não acho que o Vegeta tenha se contradito. Apenas novos elementos foram sendo passados para ele. Á partir disso, novos sentimentos foram nascendo e uma nova ideia de vida foi sendo construída na sua mente. Não é uma contradição isso. Isso se chama despertar para uma nova realidade, um novo caminho. Contradição é você dizer uma coisa e fazer outra, isso dentro de um contexto. Mudança de postura, mudança de mentalidade, enxergar uma nova maneira de viver, isso em nada tem a ver com contradição. Mas foi um bom artigo. Muito válida, apesar de achar a semântica do… Read more »