Libertando um Prisioneiro Quando achamos que estamos ajudando mas a verdade é outra...

Fabio Andrade
Black Clover
© Black Clover | Studio Pierrot

Na escola, lembra daquela disciplina que você acha que nunca vai precisar dela, pois bem, é desta “disciplina” que muitos não dão a devida importância que vamos falar.

Um pai espanhol decidiu reconciliar-se com seu filho que havia fugido para Madrid. Cheio de remorso, o pai publica este anúncio no jornal El Liberal: PACO, ENCONTRE-SE COMIGO NO HOTEL MONTANA TERÇA-FEIRA AO MEIO-DIA. ESTÁ TUDO PERDOADO, PAPÁ”. Paco é um nome comum na Espanha. E quando o pai vai ao local combinado, encontra oitocentos jovens chamados Paco à espera de seus pais. Há necessidade de se tocar nesse assunto?

Uma vez ouvi um rabino imigrante fazer uma declaração espantosa. “Antes de vir para a América, precisei perdoar Adolf Hitler“, ele disse. “Eu não queria trazer Hitler dentro de mim para meu novo país.” No livro “O clube dos mentirosos” de Mary Karr nos é contada a história de um casal que ficou 40 anos morando na mesma casa e sem se falar por causa da quantidade de açúcar que a esposa utilizava, O perdão ia oferecer uma saída…

O rei mago do Reino de Clover, Julius Novachrono, foi morto em combate pelo capitão do Alvorecer Dourado em uma batalha intensa para salvar o reino dos Elfos, quando toda a batalha acabou, seja contra os elfos ou contra o demônio, o capitão Willian e o capitão Yami foram surpreendidos pelo rei mago recém revivido em função de um artefato antigo, nesta ocasião o capitão Willian foi para se entregar, ele esperava receber somente a condenação por seus atos errados, mas ele recebeu algo que nunca podia imaginar, recebeu o perdão do nosso querido Rei Mago, afinal, como ele poderia receber algo tão maravilhoso mesmo tendo cometido tantos erros? (O perdão é uma dádiva linda, não acha?)

 

Black Clover
© Black Clover | Studio Pierrot

Julius Novachrono poderia ter feito outro tipo de abordagem, seja para humilhar o capitão do Alvorecer Dourado ou para tentar até se vingar, mas o ato escolhido pelo rei mago foi o ato mais poderoso, foi o perdão, os erros de Willian não foram apagados ou as suas devidas consequências, mas o perdão de seu mentor trouxe de volta a sua melhor versão, o fato das pessoas agirem de forma errada não significa que tenhamos que agir igual, todos nós erramos, por isso é bom que possamos agir com as pessoas como gostaríamos que elas agissem conosco.

Lewis Smedes destaca: “A primeira e geralmente única pessoa a ser curada pelo perdão é a pessoa que perdoa… Quando genuinamente perdoamos, libertamos um prisioneiro e então descobrimos que o prisioneiro que libertamos éramos nós”. O ódio é um veneno que bebemos achando que o outro irá morrer, talvez seja a hora de percebermos que somos nós mesmos – e não o ofensor, que estamos nos destruindo por dentro, ainda que o agressor não vá mudar, nada vale a nossa paz, talvez seja a hora de nos libertarmos…

E ai… Quer participar da conversa? Comente!!!

OBRIGADO POR LER ATÉ O FIM!!!!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of