A lição do Mascarado Maneiro

Fabio Andrade
(Redator do Blog e Podcaster)
Black Clover
© Black Clover | Studio Pierrot

Em um mundo onde as relações e as pessoas então cada vez mais “rasas” e vazias, é muito difícil estabelecer laços com outras pessoas, relações são construídas, nutridas, desenvolvidas, não é algo que se comprar pronto em algum lugar ou que se consiga com dinheiro ou posição – pelo menos as relações verdadeiras.

É meio maluco o fato de que as relações vão criando laços com o tempo, e as vezes se leva bastante tempo para estabelecer estes laços, entretanto, para se quebrar uma confiança, não precisa de muita coisa, resumindo, o que se constrói com anos de trabalho pode ser derrubado em minutos, verdade esta que deve nos levar a ter todo o cuidado do mundo em preservar as relações que amamos.

Em Black Clover vemos a história de um cavaleiro mágico chamado Zara Ideale, um camponês que trabalhou duro por anos para se tornar um cavaleiro mágico, mesmo sendo muitas vezes reprovado ele nunca desistiu de fazer o exame para a ordem, batalhou até conseguir entrar, mesmo ele sofrendo muita humilhação na mão da realeza, dos magos pertencentes a nobreza, o grande objetivo dele sempre foi defender o reino, proteger as pessoas, ele só queria “lutar ao lado de cavaleiros incríveis”, Zara foi aceito no esquadrão dos Orcas Púrpuras e realmente representava o que um verdadeiro cavaleiro deveria ser.

Black Clover
© Black Clover | Studio Pierrot

Zara tinha um filho chamado Zora, e com muito bom humor, sempre procurava guiar seu filho por um bom caminho, infelizmente, por ser um “plebeu”, Zara foi morto covardemente por um próprio “colega” de esquadrão, os Nobres não aceitavam que um plebeu fosse cavaleiro mágico, quando foi chorar no túmulo do pai, Zora ouviu a verdade sobre a morte de seu pai pela boca de um dos responsáveis, desde então, Zora (o filho) começou a buscar vingança e a atacar todos os cavaleiros corruptos

Essa jornada violenta destruiu o coração de Zora e juntamente com o que aconteceu com o seu pai, o fez não ter mais confiança em ninguém, ele se tornou um “cavaleiro solitário” em busca de vingança, é fato que, quando somos traídos por alguém – e eu nem estou falando especificamente sobre relações amorosas, nosso coração se fecha, mas não podemos deixar de acreditar que, mesmo que existam pessoas horríveis no mundo, sempre existirão pessoas boas também.

Zora conheceu o nanico que grita chamado Asta (kkkkkk) no exame para ingressar no esquadrão dos Cavaleiros Reais, nas batalhas em time que foram ocorrendo, Zora foi observando a postura de Asta e foi entendendo que, embora o mundo seja problemático, o “mascarado maneiro precisa confiar mais nos seus companheiros”, e desde então, ele vem abrindo o seu coração novamente, caro otaku, não faz bem se isolar emocionalmente, se permita “sair da caverna”, agora, só tenha mais cuidado na seleção das pessoas que você permitirá entrar na sua vida, e lembre sempre, nem todo mundo é igual.

E ai, o que achou do post?

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of