Gegege no Kitarou ganha novo visual para seu próximo longa A obra explora o nascimento de Kitarou

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Gegege no Kitarou
©Gegege no Kitarou

No site oficial da próxima adaptação cinematográfica do mangá de Shigeru Mizuki, Gegege no Kitarou, que é intitulado “Kitaro Tanjou – Gegege no Nazo (The Birth of Kitaro – The Mystery of GeGeGe),” uma nova imagem promocional do projeto foi revelada . A imagem mostra Kitarou olhando através de uma mortalha de bandagem e uma frase de efeito que se traduz como ‘Que tipo de coisa você é?‘. O filme é baseado no sexto anime de Gegege no Kitarou e explora os mistérios que cercam o nascimento de Kitarou.

Gegege no Kitarou
©Gegege no Kitarou

Sinopse:

A clássica história de Gegege no Kitarou contada mais uma vez. A história é a usual da série. Kitarou é um menino que vive na Floresta / Cemitério Gegege (terras por onde muitos Yokai vagam) com seu pai quase morto (que só sobrevive em seus olhos), Sunakake Babaa, NekoMusume e Konaki Jiji. Uma diferença entre este Kitarou e todos os outros que vieram antes dele é que este tem cabelo castanho em vez do prata acinzentado padrão.

Mais sobre:

A série mais recente da franquia foi a sexta adaptação em anime e foi ao ar entre abril de 2018 e março de 2020, com um total de noventa e sete episódios produzidos pelos estúdios Toei Animation, sob a direção de Kouji Ogawa. Mizuki publicou o mangá original entre 1960 e 1969 no Japão.

Gou Koga (Digimon Universe: Appli Monsters, Dokidoki! Precure, Xenosaga The Animation) está dirigindo o longa-metragem no Toei Animation Studios. Hiroyuki Yoshino (Code Geass: Hangyaku no Lelouch, Dance in the Vampire Bund, Shuumatsu no Izetta) é o encarregado de escrever e supervisionar os roteiros. Touko Yatabe (Aikatsu! Movie, Evangelion: 3.0 + 1.0 Thrice Upon a Time) é o encarregado do design dos personagens.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.