Heion Sedai no Idaten-tachi tem novo vídeo promocional revelado O vídeo mostra a sequência de encerramento

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Heion Sedai no Idaten-tachi
©Heion Sedai no Idaten-tachi

No site oficial da adaptação animada do mangá de Amahara e Cool-kyou Shinja, Heion Sedai no Idaten-tachi (The Idaten Deities Know Only Peace), um novo vídeo promocional do projeto foi publicado. O vídeo, na verdade, inclui a sequência de encerramento com a música tema intitulada “Raika” e interpretada por Akari Nanawo.

A série tem sua estreia marcada para 22 de julho nas emissoras de televisão japonesas, enquanto a plataforma Crunchyroll se encarregará da sua distribuição no Ocidente.

Sinopse:

“Passaram-se 800 anos desde que os deuses da batalha “Idaten“, que ostentam uma velocidade e força avassaladoras, contiveram os “demônios” que levaram o mundo à ruína após uma batalha feroz. “Aquela batalha” agora é apenas um conto antigo em um mito distante. Enquanto a “Geração Pacífica dos Deuses”, que nunca lutou desde que nasceram, está sem paz, alguém ressuscitou os demônios de um longo sono! Traga forças armadas, sabedoria, política, conspiração, o que você puder usar! A batalha real de três vias sem regras e sem limites está prestes a começar!!!”

Mais sobre:

Cool-kyou Shinja e Amahara começaram a publicar o mangá na Young Animal Magazine da editora Hakusensha em agosto de 2018. Na verdade, é um remake de um mangá que Amahara publicou online anteriormente.

Seimei Kidokoro (Konnichiwa Anne: Before Green Gables, Uchiage Hanabi, Shita kara Miru ka? Yoko kara Miru ka?) é responsável pela direção do anime no MAPPA Studios. Hiroshi Seko (Dorohedoro, Banana Fish, Jujutsu Kaisen, Owari no Seraph) é o encarregado de escrever e supervisionar os roteiros. Nao Ootsu (Beastars, Garo: Guren no Tsuki, Youjo Senki) é o encarregado do design dos personagens.

Fonte: Aqui.

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.