Hyouken no Majutsushi ga Sekai wo Suberu terá adaptação para anime O anime estreia em 2023

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Hyouken no Majutsushi ga Sekai wo Suberu
©Hyouken no Majutsushi ga Sekai wo Suberu

No site oficial do departamento editorial do selo Kodansha Lanove Bunko, foi anunciado que as light novels escritas por Nana Mikoshiba e ilustradas por Norihito Sasaki, Hyouken no Majutsushi ga Sekai wo Suberu: Sekai Saikyou no Majutsushi de Aru Shounen wa, Majutsu Gakuin ni Nyuugaku suru (The Iceblade Sorcerer Shall Rule the World), terá uma adaptação para anime que estreará em janeiro de 2023 no Japão.

Sinopse:

Todo mundo conhece o soldado mais poderoso, o Ice Blade Wizard, que levou o país à vitória há três anos, mas poucos sabem seu nome verdadeiro: Ray White. Depois de superar uma guerra sangrenta, Ray se matricula na Arnold Academy, pronto para experimentar uma vida normal, um luxo que ele nunca teve. Para conseguir isso, ele mantém em segredo sua identidade como mago das lâminas de gelo, e as cicatrizes do passado continuam a assombrá-lo até hoje.

Apesar de ser condenado ao ostracismo por ser um plebeu, Ray faz amizade com a orgulhosa mas gentil Amelia Rose, a musculosa Evy Armstrong e a tímida e estudiosa Elisa. No entanto, uma conspiração espreita dentro das paredes da academia, e Ray é encarregado de caçar um espião cujos motivos permanecem obscuros. Para proteger seus novos amigos e as pessoas de quem gosta, Ray fará o que for preciso, mesmo que isso signifique enfrentar seu passado.

Mais sobre:

Nana Mikoshiba iniciou a publicação da história através do serviço independente Shousetsuka ni Narou em outubro de 2019. A versão física com ilustrações de Norihito Sasaki começou a ser publicada em julho de 2020, enquanto a editora Kodansha publicará o quinto volume no próximo dia 2 de maio no Japão. Uma adaptação para mangá é publicada através do serviço Magazine Pocket da Kodansha desde junho de 2020.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.