Mob Psycho 100: Segunda temporada anunciada Staff permanecerá o mesmo da primeira temporada do anime

Vitor Nascimento
(Podcaster)
@ifusic
Mob Psycho 100
© Mob Psycho 100

Foi anunciado durante o evento Mob Psycho 100 Reigen: Shirarezaru Kiseki Reinouryokusha (O milagroso psíquico desconhecido) ocorrido recentemente, que uma segunda temporada da adaptação em anime de Mob Psycho 100, do estúdio BONES, está confirmada, e que sua produção já em andamento.

O diretor da primeira temporada de Mob Psycho 100, Yuzuru Tachikawa, confirmou no evento que o staff será o mesmo para a segunda temporada, e que nenhuma mudança ocorrerá.

Mais informações como temporada de estreia, temas musicais e serviços de stream que disponibilizarão o anime serão liberadas aos poucos.

 

Sobre Mob Psycho 100:

Mob Psycho 100, é um web mangá ilustrado e escrito pelo misterioso autor ONE, o mesmo do grande sucesso One Punch ManMob Psycho 100, começou a ser serializado na revista digital Ura Sunday, da editora Shogakukan em abril de 2012, e foi finalizado em dezembro de 2017, com 16 volumes compilados ao todo.

O mangá de Mob Psycho 100, teve uma versão adaptada em anime para TV em julho de 2016, no Japão. A série foi produzida pelo estúdio Bones e teve um total de 12 episódios. Aqui no Brasil o anime pode ser conferido no Crunchyroll.

 

Sinopse:

“Kageyama Shigeo (também conhecido pelo apelido “Mob”) é um jovem estudante do oitavo ano da escola, e que possui habilidades psíquicas. Ele pode entortar colheres e fazer objetos flutuarem com a força da sua mente desde pequeno, mas aos poucos começou a manter isso em segredo, a fim de evitar toda a atenção negativa que recebia. Agora, a única coisa que ele deseja é virar amigo de Tsubomi, uma garota de sua classe. Junto de seu “mentor psíquico” (que na verdade não tem poderes psíquicos), ele continua sua rotina diária, procurando entender seu propósito de vida.”

 

FONTE: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.