Tokyo 24-ku – Depois do desastroso anime, Kiminori Itou deixa os estúdios Cloverworks O diretor se mudou para outro estúdio

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Tokyo 24-ku
©Tokyo 24-ku

Kiminori Itou, que recentemente participou do anime original dos estúdios CloverWorks, Tokyo 24-ku (Tokyo 24th Ward) como diretor de animação (episódios 1,7), diretor de animação de sequência de abertura e designer de sub-personagens, postou uma atualização no Twitter simplesmente escrevendo: ‘Adeus CloverWorks!’.

Kiminori Itou
©Kiminori Itou

O interessante é que apenas 90 minutos depois ele postou uma segunda foto com uma mesa de trabalho um pouco diferente e a mensagem Hello MAPPA!’. Isso mesmo, Itou fez sua mudança de empresa, transferindo-se dos estúdios CloverWorks para os estúdios MAPPA. No entanto, a mudança é mais profunda do que se poderia imaginar.

Kiminori Itou
©Kiminori Itou

No final de dezembro de 2021, Itou observou que a produção do anime Tokyo 24-ku (Tokyo 24th Ward) “estava na merda”. Desde 24 de outubro, ele destacou que os estúdios estavam produzindo três séries que estreariam na temporada de inverno-2022 (janeiro-março), e que a série que lhe foi atribuída tinha a menor prioridade entre todas: “A CloverWorks tem três séries preparadas para janeiro. O fato de que Tokyo 24-ku (Tokyo 24th Ward) foi anunciado por último é porque sua programação está mais atrasada, eu acho.’

A partir de então, ele faria uma série de publicações relatando que ‘a produção estava um inferno‘ e que o estúdio estava terceirizando muito pessoal do exterior para dar suporte à produção. Deve-se notar que a série teve dois atrasos até o momento, adiando as transmissões de seus sétimo (16 de fevereiro) e décimo (17 de março) episódios por uma semana, devido a problemas de produção. O segundo adiamento abriu espaço para um episódio de compilação, dando a entender que estava agendado.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.