Boku no Hero Academia é acusado de sexualizar as mulheres Mais opinião desnecessária dos ocidentais.

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Boku no Hero
©Boku no Hero Academia

Recentemente, a tendência de apontar que a adaptação animada de Boku no Hero Academia (My Hero Academia) “reduziu a massa corporal das personagens femininas, mas manteve o tamanho de seus seios e bumbum“, acusando a franquia de uma “sexualização da mulher“, se tornou viral nas redes. A polêmica surgiu, é claro, entre o público ocidental, e um vídeo postado no Twitter resume a situação:

“As meninas perderam muita massa corporal, mas mantiveram o bumbum e os seios grandes, pois não perderam peso. E por que os seios de Nejire ficaram maiores, embora o resto de seu corpo tenha ficado menor? É claro que não era “porque era mais barato animar”, mas porque eles estão praticamente as sexualizando. E para aqueles que defendem que o guarda-roupa de herói de Momo é assim por causa de sua peculiaridade, não, não é. Isso ocorre porque tanto o pescoço quanto os quadris têm pele como os seios, então eles poderiam ter explorado sua peculiaridade sem ter que sexualizá-la.

E se todo o seu design estivesse diretamente relacionado à sua habilidade, então ela provavelmente deveria ser uma garota muito grande fisicamente. E provavelmente dirão: “bem, os meninos também são muito musculosos”, mas na maioria das vezes estão usando os uniformes da escola, então você não percebe isso o tempo todo, ao contrário das meninas. Além disso, apenas os corpos das meninas são aqueles comumente apontados na série, como quando Mineta e Denki estão “cobiçando” elas, ou aquela cena em que Deku tenta não olhar para os seios de Nejire e muito mais. A questão é que tanto o anime quanto a mídia em geral precisam parar de sexualizar as personagens femininas e tentar incluir padrões irreais de seus corpos, prejudicando mulheres reais.”

A publicação está repleta de comentários contrários à opinião da moça (que na verdade resume a opinião de uma parte da comunidade do Twitter que é a favor), destacando, por exemplo, “se você não gosta, então você não vê” e “anime em geral” e usa apenas uma série como referência e, pior, um shounen. Pessoas brancas me deixam com tanta raiva”.

Sinopse:

A história acompanha Izuku Midoriya, um menino que nasceu sem superpoderes em um mundo em que 80% da população os possui, mas mesmo assim sonha em se tornar um super-herói. Após ajudar o maior herói do mundo, All Might, a capturar um vilão, Izuku recebe a chance de realizar o seu sonho e se matricular na melhor escola para heróis do mundo.

Mais sobre:

Boku no Hero Academia, também conhecido como My Hero Academia no Ocidente, é uma série de mangá escrita e ilustrada por Kouhei Horikoshi. Os capítulos do mangá são publicados na revista Weekly Shounen Jump desde julho de 2014, e, até o momento, foram compilados em 25 volumes em formato tankoubon pela editora Shueisha.

Até agora, a saga tem dois filmes animados completamente originais que incluem Boku no Hero Academia the Movie 1: Futari no Hero (My Hero Academia: Two Heroes) lançado em agosto de 2018 e Boku no Hero Academia the Movie 2: Heroes: Rising (My Hero Academia the Movie 2: Heroes: Rising) lançado em dezembro de 2019. A produção já havia garantido que o segundo seria o último.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Felipe Tanuki
Felipe Tanuki
9 meses atrás

Dnv essa poha lek, pra mim isso tudo é inveja pq tão preferindo 2D doq 3D

Raphael
Raphael
9 meses atrás

Não está gostando? Então não assiste.
O estúdio não quer saber se vc está incomodado ele quer vender.
E ecchi vende e vende muito!

Candy The Cat BR
Candy The Cat BR
9 meses atrás

Meu deus, perdem tempo pra uma coisa inútil como essa, pqp, assiste o anime e cala a boca

Nuke
Nuke
8 meses atrás

Fico incrédulo com a tendência dos veículos de midia de ficarem dando ibope pra quem não merece

Last edited 8 meses atrás by Nuke