Death Note – Fãs comemoram o dia em que Light encontrou o caderno O dia em que tudo começou...

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Death Note
©Death Note

Na história do mangá escrita por Tsugumi Ohba e ilustrada por Takeshi Obata, Death Note, 28 de novembro é uma data icônica para todos os fãs, quase no mesmo nível de 3 de outubro para os fãs de Fullmetal Alchemist. Nesta franquia popular, 28 de novembro de 2003 foi o dia em que o protagonista Light Yagami encontrou o Death Note e assassinou suas duas primeiras vítimas. O criminoso Kurou Otoharada morreu de ataque cardíaco, enquanto o agressor Takuo Shibuimaru morreu em um acidente de trânsito enquanto andava de motocicleta.

Sinopse:

Um shinigami, como deus da morte, pode matar qualquer um, desde que conheça o rosto de sua vítima e escreva seu nome em um caderno chamado ‘Death Note’. Um dia Ryuk, entediado com o estilo de vida de um shinigami e interessado em ver como um humano usaria o notebook, o joga no reino humano. O prodígio do colégio, Light Yagami, é aquele que tropeça no caderno e testa suas capacidades escrevendo o nome de um criminoso nele. Quando o criminoso morre imediatamente após seu experimento, Light fica chocado e rapidamente percebe o quão devastador pode ser o poder que ele ganhou.

Mais sobre:

Além de uma adaptação para anime em 2006 e especiais, Death Note também recebeu uma adaptação japonesa de filmes de live-action em 2006, com uma sequência intitulada Death Note: The Last Name e um spinoff intitulado L change the WorLd em 2008. A adaptação da série de live action estreou em julho de 2015 e terminou em setembro de 2015. Um novo filme intitulado Death Note: Light up the NEW world, descrito como uma “sequência proibida” do primeiro filme estreou no Japão em outubro de 2016.

O mangá original também inspirou um filme live action da Netflix que estreou em 2017.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.