Homem é preso por difamar algumas idols no Japão O caso aconteceu ano passado

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
japão
©Uma Musume Pretty Derby

Oficiais do Departamento de Polícia Metropolitana de Tóquio prenderam Akihiro Kaku, um morador de 50 anos do bairro Nishi Ochiai, no distrito de Shinjuku. O homem é acusado de postar comentários ofensivos no Twitter em maio de 2019.

Entre os comentários que Kaku fez através da rede social, havia um sobre Marina Nishigata, membro da unidade de ídolos NGT48 da prefeitura de Nigata.

Entre os comentários que ele fez, está o seguinte:

“O uso de estimulantes arruinou seu processo de pensamento e seu senso de humanidade, então, não importa o que você diga, não faz sentido”.

O termo “estimulantes” (kakuseizai) é geralmente usado em japonês para se referir a metanfetaminas. Outros comentários que Kaku postou sugeriram que outros membros do NGT48 como Minami Kato, Yuka Ogino, Ayaka Tano e Eno Yamada também eram usuários de drogas ilegais.

A empresa de gerenciamento do NGT48 solicitou ajuda para identificar a identidade da pessoa que havia enviado esses comentários, então a investigação revelou Kaku como culpado, que foi preso em 21 de julho por acusações de difamação. Kaku admitiu as acusações, dizendo:

“Suspeitei que todos os cinco estavam envolvidos no assalto a outro membro do NGT48 e não confiei neles. Meu objetivo era prejudicar sua imagem pública.”

Embora ele não a mencione pelo nome, Kaku certamente se refere a Maho Yamaguchi, que foi atacada por dois homens na entrada de sua casa em 8 de dezembro de 2018. Depois que a empresa de administração do NGT48 pediu que ela esperasse para fazer público o incidente, Yamaguchi quebrou seu silêncio um mês depois.

Após seu anúncio, houve especulações entre os fãs de que outros membros do grupo haviam vazado o endereço e / ou horário de Yamaguchi para seus agressores, e Kaku aparentemente acreditava que as cinco mulheres que ele acusou de usar drogas em seus tweets eram as responsáveis, apesar de investigações internas e policiais terem determinado que nenhum membro da NGT48 era responsável pelo incidente.

Por mais deplorável que tenha sido a motivação de Kaku, alguns podem se surpreender por ele ser preso no Japão por acusações de uma celebridade no Twitter. No entanto, a indústria do entretenimento japonesa costuma adotar uma postura extremamente restrita em relação às drogas, com estúdios e gravadoras cortando rapidamente os laços com os talentos da lista, caso sejam encontrados possuindo substâncias ilegais. Como resultado, as acusações de Kaku sobre o uso de drogas tiveram o potencial de prejudicar seriamente a carreira e a renda dos ídolos, espalhando falsos rumores.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
trackback

[…] Fonte:Aqui! Fonte […]