Kanojo mo Kanojo – Autor queria escrever uma história onde ‘todos ganhassem’ Ele se baseou na história de Gotoubun

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Kanojo mo Kanojo
©Kanojo mo Kanojo

A equipe da Crunchyroll postou uma entrevista com Hiroyuki, autor do mangá Kanojo mo Kanojo, sobre os eventos que inspiraram a história da obra e outros temas. A questão-chave para este artigo foi: “Para Mukai Naoya, decidir ter duas namoradas desde o início é uma decisão bastante ousada. O que inspirou essa decisão?”

O autor respondeu: “Não fui inspirado por nada em particular, mas durante uma reunião com meu editor, quando propus esta história, ele mencionou que em Gotoubun no Hanayome (The Quintessential Quintuplets), apenas uma garota é escolhida. Enquanto conversávamos sobre como nos sentíamos mal pelas garotas que não foram escolhidas, nos perguntamos como seria escrever uma história em que todas elas ganhassem.”

Ele continuou: “Como este é um mangá, gostaria de fazer algo que não pode ser feito no mundo real. Embora muitas garotas atraentes apareçam no mangá, ter que escolher apenas uma delas no final parece uma oportunidade perdida, então eu queria saber se algo poderia ser feito sobre isso. Eu quero explorar as possibilidades da vida. Por exemplo, se eu estivesse nessa situação, não tenho certeza se apoiaria voluntariamente minha namorada cem por cento. Se algo for minimamente possível, quero explorá-lo.”

Ele concluiu: “Imagino que seja difícil, mas também pode ser divertido. Comecei a escrever está série porque queria explorar esse conceito por meio do mangá. Comecei a me perguntar o que eu pessoalmente pensei que seria a resposta mais interessante para essa pergunta. A resposta que me ocorreu foi perguntar à namorada atual se ela poderia namorar as duas. A expansão dessa ideia acabou levando o protagonista a namorar as duas meninas.”

A adaptação animada está no ar no Japão desde 2 de julho e está confirmada com doze episódios, enquanto a plataforma Crunchyroll se encarrega de sua distribuição no Ocidente

Sinopse:

Depois de abrigar um amor não correspondido por vários anos, Naoya Mukai finalmente consegue um encontro com sua amiga de infância, Saki Saki. No entanto, no momento em que tenta se comprometer com esse relacionamento, recebe uma confissão abrupta de Nagisa Minase.

No início, Naoya tenta rejeitá-la, mas logo é dominado por sentimentos de não querer machucá-la. Tentando evitar trair a confiança da namorada nele, Naoya pensa em uma ‘solução’ para deixar os dois felizes: sair com os dois. Naturalmente, Saki rejeita a ideia, mas por meio da persistência de Naoya e Nagisa, ela acaba aceitando. Com isso, começa um romance de três membros entre Naoya, sua namorada, e sua outra namorada, que já tem um relacionamento que foge do padrão social.

Mais sobre:

Hiroyuki começou a publicar o mangá através da revista Weekly Shonen da editora Kodansha em março de 2020. Hiroyuki também é o autor de mangás como Aho Girl, Doujin Work e Mangaka-san to Assistant-san, que inspiraram adaptações de anime.

Satoshi Kuwahara (Gotoubun no Hanayome, Adachi to Shimamura, Isekai Maou to Shoukan Shoujo no Dorei Majutsu Ω) está dirigindo o anime nos estúdios da Tezuka ProductionsKeiichirou Oochi (Gotoubun no Hanayome, Adachi to Shimamurai, Hinamatsuri) está encarregado de escrever e supervisionar os roteiros em colaboração com Kazuhiko Inukai e Mayumi Morita. Akiko Toyoda (Adachi to Shimamura, Ikebukuro West Gate Park) é responsável pelo design dos personagens. Miki Sakurai e Tatsuhiko Saiki são os responsáveis ​​pela composição da trilha sonora.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments