Rapper japonês diz que anime incentiva a pedofilia A opinião desagradou os fãs

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
anime
©Hypnosis Mic

O rapper japonês Kouta Kagami, mais conhecido pelo nome de K Dub Shine, se tornou viral nas redes sociais depois de fazer uma declaração polêmica no Twitter, onde compartilhou uma nota sobre o abuso sexual de um menor, acrescentando: “Eu sei que eles vão discutir comigo sobre isso, mas acho que as tendências em animes e mangás japoneses estão aumentando o número de casos de pedofilia.”

O rapper continuou, “Pessoas decentes que sabem que isso é realmente errado nem mesmo respondem. Mas aqueles que discutem apresentam argumentos como “Tudo bem olhar para uma menina de uma forma pervertida, contanto que você nunca ouse fazer nada com ela!” Espero que eles percebam o que estão dizendo, eles ainda têm uma chance de mudar.”

A publicação despertou opiniões divididas, destacando-se:

  • “Você pode pensar e dizer o que quiser, mas os dados mostram que há mais crimes sexuais em muitos países ocidentais do que no Japão, então sua hipótese está incorreta. Você já ouviu falar da indignação do abuso sexual de crianças na Igreja Católica? Ou você deliberadamente ignora isso apenas para atacar a indústria de anime?”
  • “Eu realmente gostaria de ouvir as razões palpáveis ​​que você tem para fazer esse tipo de declaração. Embora eu duvide muito que você os tenha.”
  • “Hoje se diz que “as mulheres japonesas preferem não denunciar os crimes contra elas”, e no Japão não está claro quantas mulheres foram abusadas em comparação com outros países. Por si só, afirmar que o Japão tem menos crimes do que em outros países não faz sentido.
  • “Uma coisa, nos Estados Unidos existem regulamentações mais rígidas em relação às representações eróticas de menores em mangás e animes. E, no entanto, há mais abuso infantil lá do que no Japão. K Dub Shine certamente não tem ideia do que está falando.”
  • “É incrível ver a quantidade de opiniões que isso gera. No final das contas, é uma opinião, e no Twitter é comum ver essa forma de pensar. Ele está claramente expressando uma opinião própria, mas não é por isso que seus seguidores são obrigados a compartilhá-la.”
  • “Não posso concordar com isso, é como dizer que o rap incentiva o uso de drogas entre os jovens”.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments