Studio Ghibli – Disney teria modificado um filme sem autorização do estúdio Mais um problema que o estúdio enfrentou no ocidente.

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Studio Ghibli
© Studio Ghibli / Disney

O ex-chefe da divisão internacional do Studio Ghibli, Steve Alpert, está lançando uma biografia intitulada Sharing a House with the Never-Ending Man: 15 Years at Studio Ghibli e, em uma das passagens em seu livro, ele revelou que a Disney modificou o filme Majo no Takkyuubin sem a permissão do estúdio japonês.

Studio Ghibli
© Majo no Takkyuubin

Segundo a biografia, a Disney fez várias alterações no lançamento americano do filme, como adicionar músicas que não existiam na versão original, efeitos sonoros e diálogos que também não existiam. Steve apontou as modificações para um executivo da Disney e revelou que havia um contrato em que o filme não podia ser modificado, para o qual o executivo não se importava.

O Studio Ghibli sempre teve muito cuidado para não permitir que os distribuidores alterassem seus filmes; por exemplo, em 1985, eles tiveram uma experiência ruim com o longa Nausicaä do Vale do Vento. Mas, recentemente, um artigo revelou que o produtor Harvey Weinstein quase processou o Studio Ghibli quando tentou exigir que o filme “Princess Mononoke” fosse editado para alterar sua duração de 135 minutos para 90.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of