Tailândia leiloa figures de anime apreendidas em investigações Pena que não leiloaram aqui no Brasil.

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
anime
© Narcotics Control Board Office / Tailândia

O Narcotics Control Board Office da cidade de Bangkok, na Tailândia, leiloou cerca de 300 figures de anime apreendidas durante casos de investigação de tráfico de drogas, no valor de 1,5 milhão de baht tailandês (cerca de US $ 50.000).

Bonecos de animações populares como Naruto, Dragon Ball, Homem de Ferro, Homem-Aranha, Transformers e Masked Rider, apreendidos em casos de investigação de drogas, foram leiloados pelo Gabinete do Conselho de Controle de Narcóticos (ONCB) em sua primeira rodada de leilões este ano.

O ONCB classificou os 286 itens como inadequados para armazenamento prolongado e os preços de cada item variam de 200 a 35.000 baht tailandês (US $ 7 a US $ 1.170). O item mais popular no leilão foi uma figura em escala real de Luffy, o protagonista da franquia multimídia One Piece, que veio com um preço inicial de apenas 35.000 bahts tailandeses (cerca de US $ 1.170). No final, o valor foi vendido para o Sr. Chakrit Boonlapho, um entusiasta desse tipo de produto, a um preço de 111.000 baht tailandês (cerca de US $ 3.700).

O evento do leilão seguiu rigorosamente os protocolos de saúde e segurança para a prevenção da propagação do COVID-19, com controle de temperatura para todos os participantes, que eram obrigados a usar máscara. Desinfetantes para as mãos foram fornecidos em vários locais do local. Por fim, o Ministro da Justiça, Somsak Thepsuthin, disse que alguns desses itens foram leiloados, embora seus processos associados ainda estivessem abertos, pois os itens são considerados inadequados para armazenamento.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments