Live-Action de SAO é comprado pela Netflix Filme se tornará título exclusivo da plataforma

Vitor Nascimento
(Podcaster)
@ifusic
Sword Art Online
©Sword Art Online/Reki Kawahara

Em uma entrevista ao site de notícias sobre entretenimento ColiderLaeta Kalogridis, que foi roteirista de “O Exterminador do Futuro“, “Altered Carbon” e “Avatar” revelou que a produção da adaptação em live-action de Sword Art Online foi vendida para a Netflix. O filme estava sendo anteriormente produzido pela Skydance Television. Também foi revelado que Kirito Asuna serão definitivamente interpretados por atores asiáticos.

Netflix já havia adquirido parte da produção do filme. Um dos conflitos que levou à compra completa pela Netflix foi a exigência de que os atores de Asuna Kirito fossem asiáticos. O produtor já havia comentado sobre o caso em uma entrevista realizada por um jornal das Filipinas em janeiro. A série em live-action continua sem previsão de data de lançamento. A Netflix deve revelar mais detalhes sobre a adaptação no futuro.

Laeta Kalogridis deu sua opinião sobre o caso da versão em live-action de Sword Art Online:

Vamos diretamente ao ponto, Sword Art Online é uma criação originalmente japonesa, na qual Kirito e Asuna, que são os protagonistas, são japoneses. Na série, os dois serão feitos por atores de origem asiática. Se essa era ou não a pergunta por trás desta questão, não é uma conversa sobre ocidentalização. Quando vendi a série para a Netflix, todos estávamos na mesma sintonia. Não interessa a eles ocidentalizar, e não me interessa fazer isso. Quanto aos personagens secundários, porque o jogo deve ser global, tal como é mostrado no anime e nas light novels, alguns deles são provenientes de outros países Klein e Agil. Para mim, fica muito claro quando é preciso enxergar e entender que esse jogo alcança o mundo inteiro, mas que Kirito e Asuna são mostrados como dois adolescentes do Japão que vivem em Tóquio, se não me engano. Isso é o que faremos pois essa é a história. Eles são, na minha opinião, muito parecidos com a comandante Motoko Kusanagi em Ghost In The Shell, definido em parte por personagens serem personagens que trazem novas ideias numa obra de arte asiática. Isso é o primeiro e mais importante de tudo.”

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.