DOWNLOAD GRÁTIS para ANDROID aqui: http://bit.ly/2O4Wx2c

DOWNLOAD GRÁTIS para ANDROID aqui: http://bit.ly/2O4Wx2c

Shigatsu wa Kimi no Uso ganha adaptação para musical A obra deve estrear em 2020

Ana Paula
(redatora de noticias)
Shigatsu wa Kimi no Uso
©Shigatsu wa Kimi no Uso

A TOHO e a Fuji TV anunciaram que o mangá Shigatsu wa Kimi no Uso, de Naoshi Arakawa, está inspirando um musical que será exibido no Brillia Hall de Tóquio em julho de 2020.

Frank Wildhorn, um compositor americano conhecido por músicas cantadas por Whitney Houston (“Where Do Broken Hearts Go?”) e Natalie Cole estão compondo o musical. Wildhorn também já fez Death Note the Musical, e é um veterano da Broadway de musicais como Jekyll & Hyde e The Scarlet Pimpernel. Tracy Miller Schell e Carly Robyn Green co-escreveram a letra com Wildhorn. O compositor Jason Howland (Beautiful: The Carole King Musical, Jekyll & Hyde) é responsável pelo arranjo e orquestração. Ikko Ueda dirige o musical, enquanto Riko Sakaguchi (The Tale of the Princess Kaguya, Mary and The Witch’s Flower) escreve a peça.

Shigatsu wa Kimi no Uso
©Shigatsu wa Kimi no Uso
Shigatsu wa Kimi no Uso
©Shigatsu wa Kimi no Uso

O elenco inclui Yuuta Koseki e Tatsunari Kimura para o papel do protagonista Kousei Arima. Erika Ikuta interpreta a heroína Kaori Miyazono. Fuuka Yuzuki interpreta Tsubaki Suwabe. Kouki Mizuta e Takuto Teranishi são escalados para o papel de Ryouta Watari.

Sinopse:

O mangá original segue Kousei Arima, um ex-prodígio infantil que perdeu sua capacidade de tocar piano quando sua mãe morreu. Sua vida cotidiana é monocromática, mas começa a ganhar cor quando ele conhece uma violinista por acaso. Kaori Miyazono é uma empreendedora audaciosa que transborda de personalidade. Encantado pela menina, Kousei começa a redescobrir seu amor pelo piano quando Kaori o convida para ser seu acompanhante em uma competição.

Mais sobre:

O mangá estreou na Monthly Shonen Magazine, da Kodansha, em 2011 e terminou em fevereiro de 2015. A série ganhou a categoria de Melhor Shounen Manga no 37º Prêmio Anual de Manga da Kodansha em 2013.

Uma adaptação para série anime do mangá estreou em 2014. A obra também recebeu uma adaptação para cinema de live action, que estreou no Japão em setembro de 2016 e uma adaptação para peça teatral estreou em 2017.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of