Nana – Autora pode voltar a desenhar em breve Ela deu uma entrevista sobre sua exposição

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Nana
©Nana

O portal Nippon News Network publicou um trecho de uma entrevista com Ai Yazawa, autora do popular mangá Nana, que está em suspensão indefinida há mais de treze anos. Nesta entrevista, a autora explicou porque aceitou os planos de fazer a mais recente exposição especial que está acontecendo no Japão e dedicou algumas palavras aos seus fãs.

Sobre a razão pela qual decidiu realizar a exposição, explicou:

“O editor responsável pela Shueisha me sugeriu. Estou muito grata por ter sido contactada apesar da minha longa ausência. Eu estava ansiosa por isso, mas espero poder criar um lugar onde os leitores que estão esperando a retomada possam aproveitar ao máximo. Decidimos realizar o evento porque achamos que seria uma boa ideia.”

E na mensagem dedicada aos seus fãs, Yazawa salientou que ainda não está em condições de retomar o trabalho, mas que a exposição e os preparativos anteriores a motivaram:

“Obrigado por todo seu apoio. Obrigado a todos que continuaram lendo meu trabalho, conseguimos realizar esta exposição. Lamento sinceramente os muitos anos que se passaram desde que “Nana” entrou em hiato, e a preocupação que isso causou a vocês. Senti que havia recuperado mais força física do que antes enquanto trabalhava nos preparativos da exposição com a única intenção de torná-la agradável para todos. A partir de agora, espero que minha saúde continue melhorando e volte a desenhar aos poucos. Atenciosamente.”

Sinopse:

Partindo de suas respectivas cidades natais, duas jovens com nomes idênticos se unem em busca de novos começos. Com o coração decidido a ir para Tóquio, Nana Komatsu sonha com um amor feliz, enquanto Nana Osaki aspira a ter uma carreira musical de sucesso. A primeira tem um caráter alegre e amigável, mas sua ingenuidade desviou sua vida romântica até que ela conhece seu confiável namorado Shouji Endo. Sem se deixar abater pela decisão de Shouji de estudar em Tóquio, Nana trabalha duro para ganhar dinheiro suficiente para segui-lo até lá.

Enquanto isso, seu homônimo é uma vocalista punk solitária cujo caso com o baixista de sua banda, Ren Honjou, chega a um fim repentino. Embora com o coração partido, Nana espera corajosamente e viaja para a capital com a ambição de se tornar uma artista de renome. Pouco depois de chegar a Tóquio, as meninas se cruzam novamente devido a uma inesperada coincidência que as leva a viver sob o mesmo teto. À medida que se aproximam, as duas se esforçam para apoiar uma a outra enquanto lutam para construir um futuro para si mesmos.

Mais sobre:

Yazawa começou a publicar o mangá através da revista Cookie da Shueisha em maio de 2000 e entrou em um hiato indefinido em maio de 2009, que ainda está em andamento até hoje. Até aquele momento, a editora publicou um total de vinte e um volumes de compilação, e o trabalho inspirou uma adaptação de anime de 47 episódios produzida pelos estúdios Madhouse e lançada em abril de 2006 no Japão, seguida por dois filmes live-action em 2005 e 2006.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.