Reboot do mangá Princess Knight O projeto comemora os sessenta anos do mangá.

Dalton Silveira
(Fundador & CEO)
@odaltonsilveira

A revista online de mangás da editora Home-sha, Puratto Home, lançou uma versão reboot do mangá Princess Knight (Princesa Cavaleiro) de Osamu Tezuka, nesta sexta-feira, para comemorar os sessenta anos do mangá. Titulado RE:BORN Kamen no Otoko to Ribon no Kishi (RE:BORN The Masked Man and the Ribbon Knight), o novo mangá está sendo desenhado por Shouko Fukaki (Genryu Butoden – Origin). Atsushi Kagurazaka (Taisho Yakyu Musume) está cuidando dos cenários e o Tezuka Productions está colaborando com o projeto.

Atualmente, o “episódio 0” do mangá pode ser lido de graça.

O plot de Princess Knight gira em torno da princesa Sapphire, que nasceu com duas almas: uma feminina e outra masculina. Ela foi criada como um garoto para que pudesse herdar o trono do seu reino.

Osamu Tezuka desenhou as aventuras de Sapphire na revista Shoujo Club da Kodansha entre 1953 e 1956. Junto com Boku-chan (1951) de Toshiko Ueda, Princess Knight é um dos primeiros mangás shoujos da história. Entre 1958 e 1959, Osamu publicou a sequência Twin Knight na revista Nakayoshi da Kodansha, seguido de um remake de Ribbon Knight, divulgado na mesma revista, entre 1963 e 1966.

Em 2011, a Vertical publicou o mangá Princess Knight na América do Norte e lançou o Twin Knight neste mês. A adaptação em anime foi lançada em 1967, pela Right Stuf. Em 1994, o mangá inspirou um filme da série.

Natsuko Takahashi, roteirista de Moyashimon, lançou um mangá remake da obra original com o artista Pink Hanamori, em 2008. O mangá recebeu o nome Sapphire: Princess Knight.

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.