Pousada que inspirou Hanasaku Iroha tem novidades Estabelecimento fechará as portas no dia 17 de março.

João Villaça
(Redator de Notícias)
Hanasaku Iroha
©Hanasaku Iroha/P.A. Works

O hotel Shuhokaku, localizado na cidade de Kanazawa, que inspirou a pousada em que se passa Hanasaku Iroha declarou o fechamento do estabelecimento através de seu site oficial. No site consta a seguinte carta:

“Queridos fregueses,

Ficando em Yuwaku por um longo tempo, ‘Shinmigiwe-mon Shuhokaku’, que sempre foi apreciado de coração por muitas pessoas encerrará suas atividades no dia 17 de março (sábado).

Estamos orgulhosos e agradecidos do fundo de nossos corações que todos puderam passar seus importantes dias em nosso hotel.

Gostaríamos de expressar nossa gratidão a cada um de nossos clientes individualmente.

Em breve faremos um anúncio em relação aos nossos planos para o futuro.

Muito obrigado por todo o apoio ao hotel de longa data Shuhokaku. Nós esperamos que todos continuem a apoiar as termas de Yuwaku no futuro também.”

Não ficou claro se eles estão encerrando suas atividades permanentemente ou não, mas o acontecimento com certeza acabou com os planos daqueles que queriam visitar o lugar, que era conhecido como um ponto de peregrinação dos otakus. Veja as comparações entre a pousada Shuhokaku e cenas do anime Hanasaku Iroha:

 

Mais sobre o anime Hanasaku Iroha:

Hanasaku Iroha é um anime de comédia, slice of life e (um pouco de) drama, que foi produzido pelo estúdio P.A. Works (estúdio de Angel Beats!, Another, Charlotte, Shirobako). O anime passou de abril a setembro de 2011 com um total de 26 episódios. A história é completamente original. O anime também tem um filme de uma hora de duração lançado em 2013.

Sinopse:

“Ohana Matsumae é uma adolescente muito enérgica e impulsiva que vive em Tóquio com sua mãe solteira. De repente, sua mãe decide fugir com seu novo namorado de coletores de dívidas, forçando a jovenzinha a ficar por si só sob os cuidados de sua vó que é dona de uma pequena pousada no interior rural do Japão. A mãe de Ohana sempre acreditou numa filosofia de ‘não depender de ninguém’, mas parece que Ohana passou a viver sobre essa filosofia de forma abrupta. Enquanto se adapta ao estilo de vida tranquilo do campo, Ohana passa por diversas experiências e desafios ao trabalhar como faxineira, e também ao conhecer novas pessoas tanto em sua nova escola como na pousada de sua vó.”

Fonte (+18): Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.