Seishun Buta Yarou – Novel sobre curiosa Síndrome da Puberdade terá adaptação em anime Mangaka também é autor das novels Sakurasou no Pet na Kanojo.

Vitor Kaique
(Redator de Notícias)
Seishun Buta Yarou
©Seishun Buta Yarou

Com a abertura de seu site oficial, a Kadokawa anunciou a adaptação em anime para televisão das novels Seishun Buta Yarou wa Bunny Girl-senpai no Yume no Minai, este com estreia prevista para a Temporada de Outubro/18.

Seishun Buta Yarou
©Seishun Buta Yarou

Sinopse

“Azusagawa Sakuta é um estudante do ensino médio o qual acaba encontrando na biblioteca uma garota vestida de coelhinha. Esta é Sakurajima Mai, uma famosa atriz que está dando uma pausa em sua carreira e agora decidiu estudar na mesma escola que Sakuta. Contudo, Mai menciona ao jovem que aqueles ao seu redor não conseguem mais vê-la onde Sakuta então decide a ajudá-la. Seria este mais um caso do rumor “Síndrome da Puberdade”? Apenas o desenrolar da história pode-nos contar…”

Elenco

Inclui-se ao elenco:

  • Kaito Ishikawa como Sakuta Azusagawa
  • Asami Seto como Mai Sakurajima
  • Yurika Kubo como Kaede Azusagawa

Mais sobre Seishun Buta Yarou

Enredo de Hajime Kamoshida com ilustrações de Keiji Mizoguchi, novels Seishun Buta Yarou começaram a ser publicadas em abril de 2014, com seu sétimo e último volume posto a venda em outubro de 2016. Tais novels receberam uma adaptação em mangá em novembro de 2015 pela Dengeki G’s Comic.

Hajime também é autor das novels Sakurasou no Pet na Kanojo.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  • Romollo

    Interessante a sinopse

  • Michell Pb

    A ver as capas das novelas leves, as ilustrações das meninas estão muito bonitas, a sinopse esta muito atraente, visto que a síndrome da puberdade em adultos é mais comum do que se pensa. Sempre me vejo sonhando com meus 15 anos fazendo muito sexo com lolis fofinhas, Bons tempos. Kkkkkk!