Primeiras impressões: Yuru Camp 2ª Temporada As meninas do acampamento retornaram para aquecer nossos corações!

KaisenKYO
Yuru Camp
©Yuru Camp

Ficha técnica: Yuru Camp 2ª Temporada

Gênero: Slice of Life, Comédia

Estúdio: C-Station
Diretor: Kyougoku, Yoshiaki

Origem: Mangá
Data de estreia: 7 de janeiro

Yuru Camp voltou para manter os nossos corações aquecidos! Um dos animes mais relaxantes de se assistir está de volta, e com ele todas as meninas que já conhecemos e amamos.

O primeiro episódio desta segunda temporada já teve início com uma cena que nos faz entender o amor que a protagonista, Rin, sente por acampar, nela nós vemos a mesma, mais nova, recebendo os equipamentos de camping de seu avô e tendo a sua primeira experiência acampando, que apesar de não ter sido uma das melhores, a paisagem do monte Fuji e o sentimento de descobrir algo novo despertou em Rin a vontade de saber mais sobre acampamentos.

Yuru Camp
©Yuru Camp

Logo após a abertura, nós somos trazidos de volta aos dias atuais, em que logo após as meninas terem realizado o acampamento de natal como vimos no final da primeira temporada, elas fazem planos sobre o que farão em suas folgas de ano novo. Exceto pela pobre capitã do clube, Oogaki, que não conseguiu férias de seu trabalho de meio período, todas as outras meninas já decidiram o que farão em suas folgas de fim de ano, até mesmo Nadeshiko, que conseguiu um trabalho temporário entregando cartas de ano novo. Com as folgas, Inuyama e Nadeshiko vão visitar as suas famílias, Saitou vai dormir até tarde, ir ao shopping e passear com o seu cachorro, e Rin, obviamente irá acampar sozinha, mas precisa voltar para casa até o dia 3, pois o seu avô estará à sua espera.

Yuru Camp é um “slice of life” que sinceramente não faz muito o meu tipo de obra, mas é algo que te passa uma paz de espírito tão grande ao assistir que independentemente de não abordar assuntos mais profundos, e dos episódios meio que seguirem uma mesma fórmula, você não consegue parar de assistir. Por mais que seja uma obra “bobinha”, o sentimento de amizade e união passado por Yuru Camp é algo que faz até quem não gosta do gênero se sentir abraçado.

Yuru Camp
©Yuru Camp

A C-Station conseguiu se superar nesta temporada. A estética de cenários com traços e resoluções mais realistas que dão destaque às paisagens era algo que me impressionou muito em algumas cenas da primeira temporada, mas aqui o investimento foi alto, fiquei impressionado com a qualidade da animação, devo dizer que foi a melhor da temporada até então. Os cenários são uma das peças fundamentais deste anime desde a primeira temporada, um mais lindo que o outro, e nesta temporada parece que eles serão ainda mais impressionantes, creio que terão momentos em que me questionarei se o que estou vendo é realmente um desenho.

Nada de muito diferente na trilha sonora, mas não tem necessidade de mudar algo que já era muito bem feito. Tanto a trilha sonora quanto a sonoplastia de Yuru Camp é sensacional, as músicas de fundo que utilizam de uma pegada mais “bossa nova” em momentos de descontração e instrumentos de sopro em momentos de reflexão… A junção da ótima trilha sonora que acompanha o episódio inteiro com a sonoplastia impecável que vai desde o estalar de uma fogueira até o barulho de uma pisada na grama, te faz esquecer os problemas e ter a sensação de que está ali dentro fazendo parte daquele momento.

Yuru Camp
©Yuru Camp

Algo que também preciso comentar é a qualidade da abertura, as diferentes técnicas de animação e efeitos utilizados me deixaram impressionado, sem contar que quando a animação foi combinada com a música “Seize The Day” da cantora Asaka combinou perfeitamente, a música com um estilo discoteca mais “pop” que fala sobre aproveitar momentos encaixou muito bem com o vídeo das meninas viajando e se divertindo enquanto tiram fotos, conversam e dão risadas.

Sinopse:

A história segue duas jovens. Rin gosta de acampar sozinha ao longo dos lagos que oferecem uma vista panorâmica do Monte Fuji. Nadeshiko adora fazer viagens de bicicleta sozinha para lugares onde pode ver o Monte Fuji. Depois de se conhecerem, Rin e Nadeshiko fazem acampamentos, comem ramen e juntas apreciam a paisagem.

Expectativas:

Apesar de Yuru Camp ser um anime que não se encaixa no meu gosto, o sentimento de paz que te faz esquecer um pouco dos problemas passados por este anime é indescritível. Mas para esta temporada eu espero que a história fuja nem que seja um pouco da “receita de bolo”, acho que fazer com que elas viajassem para locais mais distantes, longe de suas zonas de conforto, ou explorar melhor a história do avô da Rin e por qual motivo ele sai por aí acampando sem parar, seria uma boa ideia para variar um pouco o enredo. O primeiro episódio passou e nada muito além de conversas no celular foram mostradas.

Por mais que a história não seja algo que te prende muito à série, é inegável o show visual que essa obra é. Mesmo sem um enredo grandioso esse anime já fez sucesso em sua primeira temporada, e pelo o que vi, na segunda não será diferente.

Nota: 4,0/5,0

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
trackback

[…] Créditos […]