Primeiras Impressões – Tower of God Suba até o topo e se torne um Deus!

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Tower of God
©Tower of God

Ficha Técnica – Tower of God

Gênero: Ação, Aventura, Mistério, Drama, Fantasia
Estúdio: Telecom Animation Film
Baseado em: Web mangá
Data de estreia: 01/04/2020

Tower of God ou Kami no Tou era um dos animes mais esperados dessa temporada, não por ser uma mega produção, mas pela sua origem como mangá coreano de sucesso além de ser um Original Crunchyroll. A obra teve um episódio de estreia muito bom, com algumas coisas que me incomodaram, mas que não estragou a experiência dessa história que traz algumas semelhanças com animes japoneses já bem conhecidos do público.

Tower of God
©Tower of God

Sinopse:

A Torre de Deus gira em torno de um garoto chamado Twenty-Fifth Bam, que passou a maior parte de sua vida preso sob uma vasta e misteriosa Torre, com apenas sua amiga íntima, Rachel, para fazer-lhe companhia. Quando Rachel entra na Torre, Bam também consegue abrir a porta e enfrenta desafios em cada andar dessa torre, enquanto tenta encontrar seu companheiro mais próximo.

Tower of God
©Tower of God

Expectativas:

Confesso que eu tinha muitas dúvidas quanto a este anime, mas o primeiro episódio conseguiu me agradar, apesar de ter alguns pequenos detalhes que me incomodaram, mas não de uma forma que estragasse a experiência.

Primeiramente o design: pelos trailers e imagens promocionais eu achei que fosse ser muito ruim, mas não me incomodou como achei que faria. Apesar de não ser um dos melhores designs de anime, é agradável e até bem feito.

Quanto ao enredo: eu li comentários de que a história do mangá demora a engrenar, como um One Piece da vida. Pelo menos neste primeiro episódio a história não foi enrolada e conseguiu prender minha atenção, só espero que o anime consiga consertar essa parte do mangá e torne mais interessante sem enrolação.

Quanto ao que me agradou: ser uma história com algo que o público de anime já está acostumado, uma torre onde o objetivo é se fortalecer para chegar no topo, como é retratado, por exemplo, em Danmachi, só que é uma dungeon em vez de uma torre, além da segunda tarefa remeter aos Jogos Vorazes. E o desenvolvimento de Bam e da relação dele com Rachel, apesar de ter sido mostrado pouco no primeiro episódio parece que será muito bom.

Quanto ao que me incomodou: primeiro a abertura, sei que não é algo importante, mas as telas pretas com os nomes da staff durante a mesma não me agradaram porque me deu a impressão de uma produção quase sem recursos. O tema da abertura até é legal, mas parece uma música comum ao invés de uma de anime. Segundo, em uma cena em que Yuri Jahad bate na cabeça de Kazuyuki Okitsu a transição também é uma tela preta, novamente me dando a impressão de uma produção sem recursos. E por fim o encerramento, que não existe, é só uma música com os créditos.

Concluindo, é um anime que vale a pena conferir, e com certeza você vai gostar. E se você tem algum bloqueio com relação à origem dela, você vai se surpreender como eu me surpreendi.

Nota:4/5 – Vale muito a pena conferir

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

3
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
JupiqilegerePryd Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Pryd
Visitante
Pryd

Super esperanças nesse.

legere
Visitante
legere

no manhwa já são três temporadas, realmente demora muito para engrenar a história como você disse, porém eu acompanho e é excelente, sem dúvidas!

Jupiqi
Visitante
Jupiqi

Tem tanta gente falando desse anime, eu não sei o que elas veem nele. Não me agradou e na minha opinião era melhor da atenção a outros animes.

trackback

[…] Confira as nossas primeiras impressões dele aqui […]