Primeiras Impressões: Made In Abyss: Retsujitsu no Ougonkyou Riko, Reg e Nanachi estão de volta agora para seguir sua aventura na sexta camada do Grande Abismo, a capital do sem volta

dflobo
Made in Abyss: Retsujitsu no Ougonkyou
© Kinema Citrus / Made in Abyss: Retsujitsu no Ougonkyou

Ficha Técnica – Made in Abyss: Retsujitsu no Ougonkyou

Gênero: Aventura, Drama, Fantasia, Mistério, Sci-Fi
Estúdio: Kinema Citrus
Diretor: Kojima, Masayuki
Origem: Wem Manga
Data de estreia: 06 de julho

Iniciando logo após os acontecimentos do filme Made in Abyss Movie 3: Fukaki Tamashii no Reimei (Dawn of the Deep Soul) seguimos com a mais nova aventura de Riko, Reg e Nanachi enquanto exploram a sexta camada do abismo. O primeiro aviso que deixo para você queridos leitores é que ao ler esse texto irão seguir por um caminho sem volta. Não é brincadeira não isso que estou falando, mas se não acredita então desejo boa sorte e se prepare para as consequências do abismo.

O segundo ponto que irei debater é sobre a importância de assistir o terceiro filme, antecessor a esta nova temporada. Há outros dois filmes existentes, contudo estes são um resumo em menor escala dos 13 episódios da primeira temporada. Minha recomendação é assistir a primeira temporada completa, se você tem mais pressa fique a vontade para ver os filmes, mas pode perder um detalhe ou outro aqui.

O primeiro episódio de um total de 12 já confirmados traz ótimo equilíbrio em todos os aspectos. Alternando duas histórias, uma com nosso trio de protagonistas em situações cômicas e outra mais misteriosa. Não acompanho o web mangá, mas certos colegas já me avisaram para gravar e bem os rostos destes novos personagens (principalmente Belaf, Vuelo “Vueko”, Wazukyan e Faputa) que estão presentes no decorrer deste episódio, pois terão grande importância no decorrer dos eventos. Mesmo com este pequeno conselho a curiosidade já estava a mil.

A forma de apresentar alguns que aparentemente terão maior visibilidade entre todos os que estavam em cena com alguns flahsbacks, a relação atual entre eles e a força de se manterem unidos já cria uma aproximação com o espectador para entender melhor sobre o quão relevantes eles serão para a história.

O anime tem o retorno do estúdio responsável pela primeira temporada e também pelos filmes, Kinema Citrus que tem como outros destaques em suas produções as duas temporadas de Tate no Yuusha no Nariagari (The Rising of the Shield Hero), Barakamon, Black Bullet… 

Uma opinião minha aqui que apesar de gostar muito dessa obra, sou muito fã do Herói do Escudo e aguardava demais a segunda temporada. Depois dos problemas de roteiro, falta de emoção e um CGI em palavras diretas, péssimo estava curioso como viria a animação. Agora posso ter certeza que o orçamento do estúdio foi para Made in Abyss e largaram o Herói do Escudo para o plano B.

De todos os animes da nova temporada, este para mim é o que está mais marcado em todos os termos para colocar no meu top 10 do ano. Um ótimo roteiro com pistas deixadas para nosso querido entretenimento, a animação e o design impecáveis em cada traço, bom trabalho da direção e um dos grandes pontos da saga como um todo que ainda virá com maior destaque, uma linda trilha sonora que parece mexer cada vez com sua cabeça, onde cada pequeno som não falha em transmitir os sentimentos de cada cena.

Made in Abyss: Retsujitsu no Ougonkyou
© Kinema Citrus / Made in Abyss: Retsujitsu no Ougonkyou

Sinopse:

O Abismo… um abismo aberto que se estende até as profundezas da terra, cheio de criaturas misteriosas e relíquias de uma época passada. Como foi formado? O que está no fundo? Incontáveis ​​indivíduos corajosos conhecidos como “Diggers” tentaram resolver os mistérios do Abismo descendo destemidamente para a escuridão. Os melhores e mais corajosos dos Escavadeiros, os White Whistles, são saudados como lendas por aqueles que preferem ficar na superfície.

Riko, filha da White Whistle desaparecida, aspira ser como sua mãe e explorar as profundezas do Abismo. No entanto, como ela é uma Red Whistle, ela só tem permissão para explorar a camada superior. Mas um encontro com um robô misterioso sem memórias marcará o início da aventura até o fundo, sem saber que quanto mais eles descem, mais dura é a realidade dentro do Abismo.

Made in Abyss: Retsujitsu no Ougonkyou
© Kinema Citrus / Made in Abyss: Retsujitsu no Ougonkyou

Expectativas:

Não poderia estar mais ansioso para o anime. Um primeiro episódio que trouxe um roteiro para lá de intrigante com muitas perguntas a serem respondidas, um visual de impressionar e claro os mistérios a respeito da sexta camada, na qual é dito ser a capital do não retorno na qual as consequências vem a ser “alterações corporais devastadoras que resultam na perda da humanidade e muitas vezes na morte”. Como eu mesmo não desejo seguir com a perda da minha humanidade, só me resta seguir adiante com a espera dos novos episódios.

Nota: 5,0/5,0

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.