Primeiras Impressões: Prima Doll Um drama sútil e bem legal de assistir nesta temporada

EcchiSenshi
(Redator)
@EcchiSenshin
Prima Doll
© Prima Doll

Ficha Técnica – Prima Doll

Gênero: Ficção Científica, Slice ofLife
Estúdio: Bibury Animation Studios
Origem: Web Novel
Data de estreia: 9 de julho

Prima Doll, estreou já a alguns dias, e sinceramente me arrependo de não ter assistido antes, ele é produzido pela Bibury Animation Studios. A adaptação faz parte de um projeto multimídia que é elaborado pelas editoras japonesas Key e Visual Arts, O projeto já conta com o lançamento de duas web novels com o título de Prima Doll Encore e Prima Doll Interlude e ainda ganhará dois mangás inéditos intitulados: Prima Doll: New Order e Prima Doll: Yōkoso Kuronekotei (Welcome to Kuronekotei),isso sem contar com os lançamentos de algumas actions figures, que serão lançadas pelo site japonês Kotobukiya.

Inicialmente, meu hype sobre este anime estava meio baixo, mas depois de ler sobre todos os projetos apresentados, confesso que eu me animei bastante, principalmente quando eu vi quem são as pessoas que estão juntas nestas obras.

Prima Doll
© Prima Doll

Staff do Anime, Web Novel e Mangá

A direção está com Tenshou/Motoki Tanaka (Grisaia no Kajitsu, Grisaia no Rakuen, Rewrite), o roteiro com Touya Okano (Kaginado, Noblelige!) e com o estreante Kai este é o seu primeiro trabalho em animes. Os designers de personagens são Na-Ga, Fuzichoco, Yui Hara e En Morikura e para finalizar a adaptação dos designs ficou por conta de Akane Yano (Netoge no Yome wa Onnanoko ja Nai to Omotta?, Jaku-Chara Tomozaki-kun).

Já as web novels como escrevi anteriormente estão divididas em duas rotas, ou duas histórias diferentes. Prima Doll: Encore, tem como roteirista Toya Okano e arte de Maroyaka, teve seu primeiro capitulo lançado em outubro de 2020, no site oficial da franquia, e foi supervisionada pela Visual Arts e é conhecida como a primeira publicação da franquia.

Já a segunda web novel da franquia, Prima Doll: Interlude, começou a ser publicada também em outubro de 2020, mas desta vez pela revista Dengeki G’s Magazine, da editora ASCII Media Works. Por sua vez a série está nas mãos do roteirista Kai e a arte continua aos cuidados de Maroyaka. Contando histórias de personagens diferentes, mas infelizmente Interlude parou de ser publicado em novembro de 2021.

Quanto ao mangá, a franquia contará com dois títulos, Prima Doll: New Order, com a arte de Yuriko Asami, e será publicado em dois sites diferentes da Dengeki G’s Comic da Kadokawa. Prima Doll: Youkoso Kuronekotei (Prima Doll: Welcome to Kuronekotei), com arte de Daiko Toda que, desta vez, será publicado no site Comic Bushiroad.

Prima Doll
© Prima Doll

Sinopse:

A principal história do projeto concentra-se em meninas automáticas que foram criadas para serem usadas como armas na grande guerra que acabou de terminar há alguns anos e agora elas trabalham em uma cafeteria chamada “Kuroneko-Tei” como garçonetes. Em colaboração com o fabricante de números Kotobukiya, o projeto oferecerá figuras originais e desenvolverá vários conteúdos de técnica mista baseada nos tópicos de “músicas e bonecas” e “desejo e emoções inocentes”.

Prima Doll
© Prima Doll

Expectativas:

A história principal de todo o universo criado nos projetos, acompanha um grupo de bonecas autômatas que foram originalmente criadas como armas de guerras, mas os conflitos terminaram já a alguns anos e as garotas perderam seu lugar no mundo, descobrindo assim um novo propósito trabalhando no café Kuronekotei, onde servem os mais diferentes tipos de clientes. o interessante é que os dois momentos, a vida delas na guerra e os momentos dentro do café estão sendo contados muito bem.

Confesso que Prima Doll foi mais um anime que assisti achando que seria só garotinhas fofas se divertindo num restaurante e acabou sendo algo mais sentimental e bem diferente do que eu imaginava, nesse primeiro episódio já teve um drama muito legal com começo, meio e fim e o melhor, o design é muito lindo!

Vamos lembrar que o anime é dos mesmos criadores de Clannad, ReWrite e Angel Beats, então podemos esperar bons episódios com uma leve pegada de drama e comédia, como visto no episódio de estreia, que teve como protagonista Haizakura, uma automata recém-acordada que teve toda a sua memória apagada para poder trabalhar no café, mas já neste episódio deu para perceber que há uma série de mistérios no ar, com questões que foram levantadas, como: “De qual regimento Haizakura era? E quais são os objetivos de Naji Touma, personagem responsável por “consertar” as autômatas?

Sabemos que estas perguntas serão respondidas durante os outros episódios que estão programados para para serem transmitidos semanalmente, mas podemos esperar um bom roteiro para quem adora um anime slice of life, com ficção científica. Como sempre, aconselho a aqueles que gostam muito dos gêneros desta obra a assistir até o final, por que ele está nas mãos de bons roteiristas e também vem prometendo bastante surpresas.

Mas qual a sua opinião? Você também gostou do anime? Eu sinceramente estou desde já acompanhando os demais títulos multimídia desta obra, por que eu gostei bastante do que vi no episódio de estreia, e quero ver todas as vertentes desta história.

Nota: 4,0/5,0


ESCUTE no SPOTIFY
SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.