Review: Mangá Fullmetal Alchemist ESP Um mangá para fãs de uma das melhores sagas já feitas.

Vitor Nascimento
(Podcaster)
@ifusic
©Hiromu Arakawa

Esta matéria é sobre o mangá que inspirou um magnifico anime. Vamos a Fullmetal Alchemist Especial!

Fullmetal Alchemist Especial

Autor: Hiromu Arakawa
Status: Em publicação
Quantidade de volumes: 27
Classificação Etária: 14 anos
Gênero: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção Científica, Shounen

SINOPSE

©Hiromu

Nada pode ser obtido sem uma espécie de sacrifício. É preciso oferecer em troca alguma coisa de valor igual. Esse é o princípio básico da Alquimia, a Lei da Troca Equivalente. E foi acreditando que essa lei fosse absoluta que os irmãos Edward e Alphonse Elric quebraram o maior tabu entre os alquimistas. Realizaram uma transmutação humana para trazer de volta à vida sua mãe. Mas, tudo deu errado. No processo, Ed perde a perna esquerda e, para salvar ao menos a alma de seu irmão mais novo, ele sacrifica seu braço direito para fixá-la a uma armadura medieval.

A partir deste momento, a dupla parte em uma jornada em busca da lendária Pedra Filosofal, a qual se acredita ser capaz de aumentar os poderes de um Alquimista. O plano dos irmãos é usá-la para ter seus poderes ampliados e assim trazerem seus corpos de volta.

Para tanto, Edward se torna um Alquimista Federal. Todavia, pouco a pouco, ele e Al vão desvendando os mistérios que envolvem a Pedra Filosofal e toda uma trama conspiratória envolvendo o governo, alquimistas e estranhos seres dotados de incríveis poderes conhecidos como Homúnculos. Todos fazem parte de um mesmo grande círculo de transmutação que têm em seu centro os Irmãos Elric.

POR QUE GOSTEI?

©Hiromu Arakawa

Gosto muito da forma que a história foi criada, desenvolvida e projetada. Em minha opinião, essa fórmula é perfeita! Ela traz um conceito de drama a uma filosofia esquecida(alquimia), um laço que me prendeu a obra. Os protagonistas são muito carismáticos, demonstram claramente suas emoções, assim, fica fácil se sentir na pele de Edward, ou, de Alphonse. Não é difícil se emocionar ao ler, muito menos sentir pena deles, entretanto, mesmo com todo esse sofrimento, vejo os irmãos Elric levantarem novamente, e novamente, repetidas vezes. Já vi Fullmetal Alchemist e Fullmetal Alchemist Brotherhood. O Mangá é uma junção entre eles, seguindo a cronologia do Brotherhood. Recomendo para quem goste de história, química… E talvez tenha um interesse filosófico na alquimia. Colecionadores de Mangás e pessoas que gostem de um bom Shounen cheio de conflitos e situações hilárias, não deixem de conferir.

O QUE NÃO GOSTEI?

Sinceramente, foi muito difícil não gostar de algo em Fullmetal Alchemist, principalmente no Mangá. Ficou perfeita a junção entre eles, com isso, não tenho pontos negativos.

MELHORES CAPÍTULOS

©Hiromu Arakawa

Para mim, algo que sempre me motivou a ler ou ver Fullmetal, é sua comédia, portanto, irei citar os capítulos com as melhores cenas de comédia e que no meio têm boas revelações da história. No primeiro capítulo, quando ele foge do padre, encontra vários soldados no corredor e transmuta uma lâmina enorme, depois, fica com um sorriso enorme de psicopata no rosto. No quinto capítulo, quando os irmãos Elric vão ver sua mestre, Edward espera à porta, ela abre chutando ele longe e olha para o Alphonse como se fosse fazer o mesmo. No sexto capítulo, quando Ed e a mestre deles vão falar sobre “verdade”, ficam sacudindo os braços e falando que é ferrado(também pode ser entendido como “assustadora”), enquanto Al faz poker face.

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Michell Pb
Michell Pb
3 anos atrás

O alquimista de aço é um mito nas obras de animação japonesa e foi criado por uma garota, valeu princesa!???

Caicere
Caicere
3 anos atrás

Tenho uma historia de profundo carinho com fullmetal alchemist, desde sua aparição na TV kids da rede tv, foi um dos meus primeiros animes e foi o que me introduziu nessa industria. Fiquei surpreso ao saber que o Fullmetal “classico” tem o drama final diferente da obra original e apesar de preferi-lo respeito muito o material primario. parabéns a autora por essa grandiosíssima obra.