Chainsaw Man – MAPPA afirma que a produção do anime será livre de exploração Após diversas acusações, o estúdio diz que o departamento responsável não abusará dos animadores

Matheus Henrique
(redator de noticias)
Chainsaw Man
©Chainsaw Man

O estúdio MAPPA informou que irá melhorar as suas condições de trabalho desenvolvendo um departamento mais acolhedor para a produção da adaptação para anime Chainsaw Man.

Anúncio que estava sendo pedido pelos fãs após o estúdio de animação ganhar destaque na mídia depois que alguns animadores acusaram a empresa, e seus parceiros como a Netflix, de péssimas condições de salário.

Ryuu Nakayama, o diretor da adaptação para série anime do mangá Chainsaw Man de Tatsuki Fujimoto, revelou que o estúdio MAPPA adquiriu novas instalações para a animação do anime e uma revista de arquitetura divulgou estas fotos do novo espaço.

Confira as fotos do novo espaço abaixo:

Chainsaw Man
©Chainsaw Man
Chainsaw Man
©Chainsaw Man
Chainsaw Man
©Chainsaw Man

Na revista de arquitetura, o diretor complementou:

Nos últimos anos, a escassez de animadores tornou-se um problema sério. A causa é a terceirização de funcionários a estúdios de animação chineses. Para garantir melhores recursos é necessário melhorar os ambientes de trabalho, pelo que estas secretárias foram feitas de madeira quente e existe um espaço lounge onde são incentivados os intervalos. No futuro, esta empresa espera reunir todos os seus estúdios num grande local… para criar uma vila de animadores repleta de natureza, formas e cafés.

Esperamos que as condições de trabalho tragam saúde para os animadores e resultados em suas produções.

Confira o trailer promocional abaixo:

Sinopse:

Denji tem um sonho simples – viver uma vida feliz e pacífica, passando um tempo com uma garota de quem gosta. Isso está muito longe da realidade, no entanto, já que Denji é forçado pela yakuza a matar demônios para pagar suas dívidas esmagadoras. Usando seu demônio de estimação Pochita como arma, ele está pronto para fazer qualquer coisa por um pouco de dinheiro.

Infelizmente, ele sobreviveu à sua utilidade e é assassinado por um demônio que tinha um contrato com a yakuza. No entanto, em uma virada inesperada dos eventos, Pochita se funde com o corpo morto de Denji e concede a ele os poderes de um demônio de serra elétrica. Agora capaz de transformar partes de seu corpo em motosserras, um Denji revivido usa suas novas habilidades para despachar seus inimigos de forma rápida e brutal. Chamando a atenção dos caçadores de demônios oficiais que chegam ao local, ele é convidado a trabalhar no Departamento de Segurança Pública como um deles. Agora com meios para enfrentar até mesmo o mais difícil dos inimigos, Denji não vai parar por nada para realizar seus sonhos adolescentes simples.”

Mais sobre:

Ryuu Nakayama (animador de Jujutsu Kaisen) dirigirá a série nos estúdios MAPPA. Hiroshi Seko (Jujutsu Kaisen, Dorohedoro) escreverá os roteiros da série. Kazutaka Sugiyama (Mushoku Tensei: Jobless Reincarnation) será o responsável pelo design dos personagens. Tatsuya Yoshihara dirigirá todas as cenas de ação. Kensuke Ushio (Devilman Crybaby) irá compor a trilha sonora.

Fujimoto começou a publicar a obra pela Weekly Shonen Jump da Shueisha em dezembro de 2018, terminando a primeira metade em 14 de dezembro. A editora publicou o 10º volume compilado em 4 de janeiro, e o décimo primeiro em 4 de março no Japão. Este último, por sua vez, já teve sua primeira parte encerrada, enquanto a continuação ainda está em andamento.

Fonte: Aqui.

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments