Crunchyroll anuncia parceria com + Ultra em nova produção de anime A produção será voltada mais para o público internacional do que o japonês

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Crunchyroll
©Knights of Sidonia / Crunchyroll

No site oficial do bloco de anime + Ultra da emissora japonesa Fuji TV, foi anunciada uma parceria com a plataforma Crunchyroll para a produção de novos projetos de animação, nos quais também está envolvida a empresa de planejamento e promoção Slow Curve. O comunicado de imprensa escreveu:

“Crunchyroll é uma das maiores plataformas do mundo para a distribuição de conteúdo de anime e mangá japoneses em mais de 200 países e territórios. Em “+ Ultra”, o conhecimento e a experiência acumulados da Crunchyroll serão usados ​​para planejar, desenvolver e produzir a animação em conjunto. A Crunchyroll também fortaleceu seu negócio de animação, incluindo marketing, distribuição exclusiva e merchandising de conteúdo “+ Ultra” na América do Norte, Europa e no resto da Ásia. Foi também noticiado que a Slow Curve, empresa que planeja, produz e promove diversos conteúdos de entretenimento, especialmente animação, participará do planejamento e desenvolvimento da animação para o mundo.”

Novos projetos incluem um novo anime original do diretor-chefe Goro Taniguchi (Code Geass, Planetes, Back Arrow) intitulado Establife, bem como uma nova colaboração original entre os estúdios de animação Tsutomu Nihei e Polygon Pictures, que já haviam colaborado em projetos como BLAME! e Sidonia no Kishi (Knights of Sidonia).

A Fuji TV lançou seu bloco de programação + Ultra de anime como um bloco irmão de seu antigo bloco de anime Noitamina. A Fuji TV afirmou na altura do seu anúncio que o + Ultra pretendia transmitir anime direcionado para um público mais global, ao contrário do público-alvo específico de Noitamina, focado no público japonês.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.