Hakozume: Koban Joshi no Gyakushuu tem seu primeiro trailer revelado Uma imagem promocional também foi revelada

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Hakozume: Koban Joshi no Gyakushuu
©Hakozume: Koban Joshi no Gyakushuu

Um comunicado de imprensa confirmou oficialmente que o mangá escrito e ilustrado por Miko Yasu, Hakozume: Koban Joshi no Gyakushuu (Police in a Pod), terá uma adaptação para anime. O site oficial revelou o elenco de vozes e a equipe de produção, e confirmou que a estreia está marcada para 2022 no Japão.

Hakozume: Koban Joshi no Gyakushuu
©Hakozume: Koban Joshi no Gyakushuu

Elenco:

  • Shion Wakayama como Mai Kawai;
  • Yui Ishikawa como Seiko Fuji.

Sinopse:

Seiko Fuji se formou na faculdade de polícia e agora trabalha como uma excelente detetive. Por algum motivo, ela é transferida para a Delegacia de Polícia de Machiyama. Sua parceira é a novata Mai Kawai. Mai Kawai é ingênua e tem uma personalidade honesta. Ela se tornou policial por causa de sua renda estável, mas mesmo sendo uma policial novata, ela já está pensando em deixar a polícia. Ela não se sente recompensada trabalhando na delegacia. Nesse momento, Seiko Fuji chega à Delegacia de Machiyama. Seiko Fuji e Mai Kawai trabalham juntas como uma equipe e se tornam mais próximas.

Mais sobre:

Miko Yasu começou a publicar o mangá através da revista Morning da editora Kodansha em novembro de 2017. Uma série live-action está atualmente no ar no Japão.

Yuuzou Satou (Gokusen, Gyakkyou Burai Kaiji: Hakairoku-hen, Sakura Taisen) está dirigindo o anime na Madhouse StudiosRyuunosuke Kingetsu (Futakoi Alternative, Gakuen Utopia Manabi Straight!, Hagure Yuusha no Aesthetica, Ninin ga Shinobuden) é responsável pela redação e supervisão dos roteiros. Kei Tsuchiya (Arve Rezzle: Kikaijikake no Yousei-tachi, Laidbackers) é o responsável pelo design dos personagens.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.