Hinowa ga Yuku! continua sendo censurado na Alemanha A censura é para evitar que a serialização seja cancelada no país

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Hinowa ga Yuku
©Hinowa ga Yuku

A editora alemã KAZE Manga anunciou que os volumes compilados do mangá escrito por Takahiro e ilustrado por Strelka, Hinowa ga Yuku! (Hinowa ga Crush!), continuará a ser censurado de acordo com as leis em vigor no país. A decisão atraiu várias críticas, observando que a editora licenciou o mangá sem ter conhecimento de seu conteúdo.

O editor disse em um comunicado: ‘O retrato da violência e dos crimes de guerra desumanizantes à medida que a história avança atinge um nível que torna inevitável aumentar a recomendação de idade para toda a série de livros para ‘Recomendado 18+’. Além disso, os volumes contêm algumas cenas que ‘podem ser processadas de acordo com o Artigo 184a e o Artigo 184b‘. Essas duas seções do Strafgesetzbuch (Código Penal Alemão) cobrem a violência sexual contra animais e pornografia infantil. Não foi revelado quais cenas ou quantas especificamente.

As seções afetadas devem ser eliminadas sem exceção e para todos os volumes existentes, bem como para todos os volumes futuros da obra, sem serem informados em casos individuais. Este procedimento tem como objetivo evitar que a publicação seja totalmente proibida na Alemanha.

Sinopse:

Na ilha de Wakoku, a guerra civil oferece a qualquer um a chance de se tornar um herói: de mulheres pescadoras a filhos bastardos, qualquer um pode fazer seu nome por meio das rigorosas fileiras do exército. Hinowa, uma jovem com habilidades extraordinárias, está determinada a fazê-lo, mas logo percebe que as coisas nem sempre saem como planejado… Mais de dez anos depois de uma batalha desastrosa, a guerra continua seu curso, e um fio de cabelo e marcas pretas aparecem na costa…

Mais sobre:

Takahiro e Strelka começaram a publicar o mangá na revista Monthly Big Gangan da editora Square Enix em junho de 2017.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.