Indústria de anime está ganhando mais com Streaming do que com home vídeo O mercado fora do Japão está quase alcançando o mercado interno!

Ana Paula
(redatora de noticias)
anime
© Netflix

Anime nunca foi tão popular como agora, e isso vale tanto para o Japão quanto para o exterior. Com a distribuição digital facilitando a exibição de novos conteúdos sempre que você quiser e os episódios perdidos, além de um número sem precedentes de eventos organizados de apreciação de fãs e exibições cinematográficas, o meio de animação japonesa está no meio de seu maior auge e a indústria tem os números para mostrar isso.

A Associação de Animadores Japoneses realiza um estudo anual dos ganhos do setor, calculando dados de aproximadamente 150 empresas relacionadas a anime. E ela acabou de lançar seu relatório de 2019, que constatou que pelo sexto ano consecutivo, o tamanho total da indústria de anime cresceu. Isso também marca o sexto ano consecutivo em que o setor atingiu um novo recorde histórico, com o estudo mais recente relatando ganhos em todo o setor de 2,1814 trilhões de ienes (US $ 10,939 bilhões).

As vendas físicas de vídeos caseiros continuaram em declínio, caindo para 58,7 bilhões de ienes, uma queda de 25% em relação ao ano anterior. Por outro lado, a receita de streaming de vídeo continuou a subir, chegando a 59,5 bilhões, pois, pela primeira vez na história, o streaming responde por mais receita de anime do que os lançamentos físicos de vídeo.

Outro fato histórico:

A receita do exterior totalizou 1.0092 trilhões de ienes, quebrando a marca de um trilhão de ienes pela primeira vez, com exibição cinematográficas no exterior e vendas de videogames relacionados a anime mencionadas como principais contribuintes. Esse número indica que 46% da receita veio do exterior do Japão, tornando o mercado externo quase tão importante quanto o japonês para a indústria de anime.

Não quer dizer que as empresas estão lucrando mais:

No entanto, embora a indústria de anime possa ser maior do que nunca, os números dos relatórios não significam necessariamente que é mais saudável do que nunca. Certamente, aumentar a receita é, julgado por si só, uma coisa boa, mas a questão mais importante é se os lucros aumentaram ou não. Mais dinheiro entrando não manterá as luzes acesas se houver ainda mais dinheiro saindo, algo que todos lembraram com a falência da Tear Studio.

Há também a questão de saber se o crescimento das vendas da indústria de anime é proporcional ao aumento no número de empresas de produção de anime, à medida que a indústria produz mais e mais conteúdo, e o número total de receita está aumentando para um grande número de empresas que operam em margens de lucro pequenas.

Ainda assim, o estudo da Associação de Animadores Japoneses mostra que há uma demanda crescente por anime em todo o mundo.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of