Kimetsu no Yaiba volta a despertar polêmica na Coréia do Sul Mais uma vez os brincos de Tanjiro causam polêmica...

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Kimetsu no Yaiba
©Kimetsu no Yaiba

O portal sul-coreano Dispatch publicou um artigo expressando uma crítica à plataforma Netflix por ter colocado a franquia de animação Kimetsu no Yaiba em sua página principal, especificamente por colocar uma imagem do protagonista Tanjirou Kamado, que mostra seus brincos cujos desenhos foram apontado como semelhante à “Bandeira do Sol Nascente“.

“O serviço de streaming da Netflix foi severamente atacado com críticas negativas após colocar um quadro que alude à Bandeira do Sol Nascente, o símbolo oficial do Exército Imperial Japonês durante a ocupação do Leste Asiático, em sua página principal.

O protagonista da popular franquia de animação japonesa“ Kimetsu no Yaiba ”, Tanjirou Kamado, é apresentado na página principal. Seus brincos foram apontados várias vezes como uma referência direta ao imperialismo japonês, que tem sido um tópico constante de discussão na Coreia do Sul. Já foi corrigido antes, mas a Netflix não colocou essa correção no quadro selecionado.

Houve uma diversidade entre as reações dos habitantes da Coreia do Sul e dos usuários da plataforma, que expressaram comentários como “O que diabos a Bandeira do Sol Nascente está fazendo na Coreia?!” e ‘Como me arrepia ver isso!’

É importante destacar que a Bandeira do Sol Nascente foi o símbolo utilizado pelo Japão durante a expansão de seu império, algumas gerações atrás. Sua exibição simples na Ásia é semelhante à exibição de uma bandeira nazista alemã no Ocidente, pois evoca danos históricos causados ​​pelo Japão a nações como Coréia do Sul, China e grande parte do Sudeste Asiático, áreas que foram invadidas pelo Exército Imperial Japonês. Esta bandeira é proibida em muitas nações do mundo e até mesmo pela FIFA.”

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments