Machine to Heart – Anime foi cancelado por exigir taxas de seus dubladores A taxa não foi especificada na proposta dos dubladores

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Machine to Heart
©Machine to Heart

O portal japonês J-CAST publicou um artigo intitulado “O anime MACHINE TO HEART foi cancelado porque a produtora exigia que os dubladores pagassem uma taxa de 200.000 ienes“, no qual foi apontada uma situação que levou ao cancelamento do projeto de animação.

“Acontece que o anime “MACHINE TO HEART”, que estava programado para ir ao ar na Saitama TV nesta primavera, foi cancelado devido a um escândalo dentro da produtora. O anúncio foi feito através do site oficial do projeto. A empresa envolvida entrevistou o departamento editorial da J-CAST News, que observaram: “Lamentamos muito que tal caso tenha surgido em conexão com um programa produzido por nossa empresa e que isso tenha diminuído a confiança na indústria de radiodifusão”. Comentou a representante.

“O anime estava programado para ir ao ar dentro do programa de variedades ‘Topic Magazine (Tele Tama)’, que inclui alguns outros segmentos de comédia. No entanto, o comitê de produção anunciou que a série animada foi cancelada desde 21 de abril e pediu desculpas a todos que estavam esperando para vê-la. De acordo com o anúncio, a produtora havia exigido que os dubladores comprassem os pacotes de DVD da compilação do anime, usando o dinheiro arrecadado para cobrir os custos de produção. O comitê notificou a produtora que o contrato havia sido cancelado e que todo o projeto seria cancelado. O comitê também observou que ele não estava envolvido na produção.

Na página de recrutamento de artistas (agora eliminada), havia uma seção que dizia: “Você também aparecerá na televisão com comediantes e ídolos para promover o anime”, e a frase “Seu projeto de animação será apresentado em vários meios de comunicação, incluindo a TV. Claro, seu nome também vai estar listado nos créditos”, como forma de divulgar os benefícios de participar dessa produção. O anúncio também afirmava: “Após a transmissão pela televisão, a série será convertida para formatos de DVD que incluirão cenas adicionais de bastidores como um benefício de vendas”, mas em nenhum momento foi especificado que o ator teria que pagar por isso . A polêmica em torno deste escândalo surgiu nas redes sociais, onde foram partilhadas capturas de emails que os interessados ​​receberam na resposta, onde foram mencionados que deviam pagar uma taxa de 3.960 ienes (impostos incluídos) cinquenta vezes, ou seja, num total de 198.000 ienes, o que equivale a cerca de 1.900 dólares, este valor representa a compra de cinquenta dos DVDs.

Assim, no dia 20 de abril, na entrevsita do J-CAST News, o departamento de produção do programa de variedades chegou até a mostrar a sua confusão ao afirmar: “Não tínhamos conhecimento de que o anime em questão ia para o programa, mas a equipe interna ficou sabendo das postagens no Twitter e contatou as agências competentes para resolver a situação”.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments