Megami-ryou no Ryoubo-kun tem novo visual revelado Uma contagem regressiva também foi lançada

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Megami-ryou no Ryoubo-kun
©Megami-ryou no Ryoubo-kun

Uma nova imagem promocional do projeto foi publicada no site oficial da adaptação animada do mangá de Ikumi Hino, Megami-ryou no Ryoubo-kun . O comunicado também deu início a uma contagem regressiva para a estreia, que inclui vídeos estrelando as dubladoras.

Megami-ryou no Ryoubo-kun
©Megami-ryou no Ryoubo-kun

A série estreará no Japão em 14 de julho através de diferentes emissoras de televisão e estará disponível em três versões, que incluem a “Fuuki Mamoru-kun Revised Version” (a versão censurada que será transmitida pela Tokyo MX, KBS Kyoto, Sun TV, BS11 e outros), a “Fuuki Mamoru-kun Uncensored Version” (uma versão sem censura da primeira, que será transmitida pela AT-X) e a “Fuuki Mamoru-kun See-Through Version” (uma versão sem censura que irá aparentemente mostrar os mamilos, e que serão transmitidos na plataforma de distribuição dAnime Store e outras).

Sinopse:

A história é centrada no garoto de 12 anos, Koushi Nagumo, que é um sem-teto, sem um tostão e sem família para cuidar dele. Enquanto ele fica na rua, é escolhido para se tornar a “mãe do dormitório” em um dormitório cheio de estudantes universitárias em dificuldades. Cercado por mulheres idosas difíceis, Koushi inicia uma nova vida levemente ecchi.

Mais sobre:

Hino começou a publicar o mangá na revista Monthly Shonen Ace da editora Kadokawa em dezembro de 2017.

Shunsuke Nakashige (Darling in the FranXX) está dirigindo o anime no Asread Studios. Masashi Suzuki (Gift: Eternal Rainbow, Kanokon, Koe de Oshigoto! The Animation) está encarregado de escrever e supervisionar os roteiros. Maiko Okada (Great Pretender, Koi wa Ameagari no You ni, Koutetsujou no Kabaneri) é o responsável pelo design dos personagens.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments