Ryuu to Sobakasu no Hime tem novo trailer revelado O longa tem estreia marcada para o dia 16 de julho.

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Ryuu to Sobakasu no Hime
©Ryuu to Sobakasu no Hime

No site oficial do próximo filme de animação dirigido por Mamoru Hosoda (Toki wo Kakeru Shoujo, Summer Wars, Bakemono no Ko, Mirai no Mirai) e produzido pelo Studio Chizu, Ryuu para Sobakasu no Hime, foi publicado um novo vídeo promocional do projeto. O vídeo mostra um fragmento da música tema principal intitulada “U” e interpretada por Kaho Nakamura. O longa tem estreia marcada para os cinemas japoneses no dia 16 de julho.

Sinopse:

Nossa protagonista, Suzu, é uma estudante de ensino médio de 17 anos, que mora no interior da Prefeitura de Kochi com o pai, após perder a mãe ainda jovem. Ela adorava cantar com a mãe mais do que qualquer outra coisa, mas como resultado de sua morte, ela não consegue mais cantar. Não demorou muito para que ela e seu pai ficassem cada vez mais distantes um do outro, e Suzu fechou seu coração para o resto do mundo.

Quando Suzu sentiu que escrever música era seu único propósito de vida, ela descobriu o enorme espaço online conhecido como “U”, onde ela assumiu sua persona, Belle. Outro eu, outra realidade, não estamos mais limitados a um mundo. Suzu rapidamente percebe que quando está dentro de “U” como seu avatar, Belle, ela pode cantar com bastante naturalidade. Enquanto ela continua a mostrar sua própria música no mundo virtual, ela rapidamente se torna a estrela em ascensão de “U”. No entanto, essa surpresa dura pouco. De repente, uma misteriosa criatura em forma de dragão aparece diante dela…

Mais sobre:

Hosoda atua como diretor, roteirista e supervisor do roteiro do longa-metragem, ao mesmo tempo em que dá crédito ao trabalho original. Este projeto pretende comemorar o 10º aniversário da fundação do Studio Chizu.

O anúncio do Studio Chizu observou que o filme retratará “um mundo online em constante evolução” que se passa em um mundo chamado “U”, com cinco bilhões de usuários registrados. Studio Chizu menciona os filmes anteriores de Mamoru Hosoda onde conceitos virtuais desempenharam um papel fundamental, como Digimon Adventure: Bokura no War Game e Summer Wars, como títulos semelhantes que exploram a sociedade moderna, mas com base nas “ideias recentes” do diretor, e menciona especificamente questões de “maioridade, laços familiares, amor entre pais e filhos, amizade que transcende as espécies e os laços entre nossas vidas”.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments