Shinka no Mi – Light Novel terá adaptação para anime Ainda serão revelados novos detalhes da produção

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Shinka no Mi: Shiranai Uchi ni Kachigumi Jinsei
©Shinka no Mi: Shiranai Uchi ni Kachigumi Jinsei

A conta oficial do Twitter da editora Futabasha Monster Bunko, anunciou que as light novels escritas por Miku e ilustradas por U35, Shinka no Mi: Shiranai Uchi ni Kachigumi Jinsei, terão uma adaptação para anime. Mais detalhes serão revelados em breve.

Sinopse:

Hiiragi Seiichi é um homem gordo, feio, nojento, sujo e fedorento; Ou pelo menos esses são os insultos que ele ouviu durante toda a sua vida. Essa era sua vida escolar agressiva e, então, por algum motivo, um dia quando as aulas terminaram, uma voz que dizia ser um Deus disse através do sistema de som público para se preparar para ser transportada para outro mundo. Além do mais, não apenas Seiichi, mas toda a escola.

Um mundo de fantasia onde existem elementos semelhantes aos de um RPG, como níveis, estatísticas e habilidades. Porém, o Deus ainda tinha preparativos para completar a transferência, e os enviaria assim que o ritual de invocação do herói estivesse pronto. Assim, todas as turmas formaram grupos para aguardar a transferência e, como esperado, Seiichi foi excluído e convocado para uma área diferente. Mas na área onde chegou, Seiichi encontrou o “Fruto da Evolução”, e isso mudaria completamente sua vida…

Mais sobre:

Miku começou a publicar os romances através do serviço independente Shousetsuka ni Narou em janeiro de 2014, e eles ainda estão em publicação hoje. Posteriormente, iniciou sua publicação impressa com ilustrações de U35 (Lapis Re: LiGHTs, Shiroi Suna no Aquatrope) por meio da editora Futabasha em setembro de 2014.

O trabalho também inspira uma adaptação para mangá de Sorano, que é publicada no serviço Web Comic Action da editora Futabasha desde setembro de 2017.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.