DOWNLOAD GRÁTIS para ANDROID aqui: http://bit.ly/2O4Wx2c

DOWNLOAD GRÁTIS para ANDROID aqui: http://bit.ly/2O4Wx2c

Homem-Aranha japonês está cotado para Aranhaverso 2 Ele é o emissário do inferno!

André Nunes
Homem-Aranha
© Homem-Aranha

O produtor de Spider-Man: Into the Spider-Verse, Phil Lord, confirmou no Twitter que a versão de Toei no super-herói clássico dos quadrinhos vai aparecer na sequência do filme. Quando um fã perguntou se o “Homem-Aranha Japonês” está confirmado no filme, Lord respondeu: “Ele foi projetado!”. A sequência de Spider-Man: Into the Spider-Verse estreia em 8 de abril de 2022.

Veja o tweet abaixo:

Sinopse:

A história conta a vida de Takuya Yamashiro, um jovem motoqueiro que vê um OVNI cair na Terra, que na verdade é um nave chamada “Marveller” que vem do planeta Spider. O pai de Takuya, Dr. Hiroshi Yamashiro, um arqueologista espacial, investiga o caso, mas é morto ao encontrar a nave espacial. O caso também desperta a atenção do Professor Monster e do Iron Cross Army, um grupo de aliens que querem dominar o mundo.

Takuya também investiga e encontra Garia, o último guerreiro sobrevivente do planeta Spider, um mundo que foi destruído por Professor Monster e pelo Iron Cross Army. Garia explica que ele estava caçando o Professor Monster e ele injeta em Takuya um pouco seu próprio sangue, que dá a eles poderes de aranha. Então, Garia dá a ele um bracelete que ativa seu traje aranha, dispara teias e controla a nave Marveller, que ao se transformar em um robô de batalha gigante é chamado de Leopardon. Usando seus poderes, Takuya, agora chamado de Homem-Aranha, protege a Terra de todas ameaças.

Mais sobre:

O live-action japonês Spider-Man dos anos 70, produzido pela Toei,  baseado parcialmente no personagem da Marvel. Ao todo, a série teve 41 episódios, exibidos no Tokyo Channel 12, entre 17 de maio de 1978 e 14 de março de 1979. Seus poderes e habilidades estão mais alinhados com os de Super Sentais e Kamen Rider do que o americano Peter Parker.

Spider-Man: Into the Spider-Verse levou para casa um Oscar em 2018. Os diretores do filme, Bob Persichetti, Peter Ramsey e Rodney Rothman compartilharam o que o anime ajudou a inspirar a aparência do filme.

Fonte: Aqui
SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of