A polêmica contra Ai Kayano na China não parou Seus trabalhos em jogos na China continuam sendo eliminados um após o outro

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Ai Kayano
©Ai Kayano

O portal japonês Yahoo! News Japan publicou um artigo intitulado “A participação de uma dubladora em jogos na China está sendo eliminada uma após a outra após uma visita ao Santuário Yasukuni“, que ofereceu um resumo da situação que a dubladora Ai Kayano está sofrendo em sua polêmica com China.

“É uma pena porque eu gostava dela”. Há uma dubladora popular que está causando muita polêmica na China: Ai Kayano, de 33 anos. Ela é uma popular atriz de voz que participou de mais de 500 produções de animação, incluindo “Kimetsu no Yaiba: Mugen Ressha-hen.” O que aconteceu com ela?”.

“Os jogos distribuídos por empresas chinesas no Japão também são muito populares, e Kayano-san apareceu em mais de 10 deles interpretando belas garotas. Nas versões distribuídas na China, a voz de Kayano foi eliminada em uma parte deles desde junho. Isso mesmo, sua voz foi eliminada em cerca de 5 jogos distribuídos por 4 empresas “, explicou um editor de uma revista especializada em videogames.”

“Há também um fã-clube de Ai Kayano na popular rede social Weibo, a maior rede chinesa, então não há como negar que é imensamente popular. Assim, diversos especialistas de videogames na China afirmam que alguns comentários que Kayano fez no passado estariam por trás de todas essas remoções.”

“ Em fevereiro deste ano, durante uma transmissão de podcast no YouTube, Kayano-san mencionou que ela havia visitado o Santuário Yasukuni para orar pelo sucesso de seu CD. Isso foi apontado por um influenciador chinês que entende japonês e espalhou o comentário atraindo atenção e incitando polêmica contra a dubladora “.

” O Santuário Yasukuni está localizado em Tóquio, no Japão, e inclui os nomes de 2.466.532 soldados japoneses e coloniais (27.863 coreanos e 21.181 taiwaneses) mortos na guerra, incluindo quatorze criminosos de guerra de primeira ordem. Para a República Popular da China, Coreia do Norte, Coreia do Sul e outros países vítimas da agressão militar japonesa no século 20, o santuário tornou-se parte da polêmica como um símbolo do militarismo japonês da Segunda Guerra Mundial”

“Tanto no Twitter quanto no canal de Kayano no YouTube, centenas de usuários apareceram com comentários como “Peça desculpas às vítimas da ocupação japonesa!”,“Por que diabos você achou que era uma boa ideia ir ao Santuário Yasukuni?!”. Posteriormente, a equipe de produção pediu desculpas pelo transtorno causado e retirou o episódio transmitido.

“Essa eliminação provavelmente resultou em discussões entre as empresas patrocinadoras chinesas e a equipe de produção de Kayano”, disse o mesmo especialista. Até o momento, Kayano continua sofrendo com o assédio das mídias sociais da China. Outro especialista explicou mais sobre os antecedentes: “Na Internet na China, comentar sobre o Santuário Yasukuni ou as Ilhas Senkaku pode causar muitos problemas. É por isso que os artistas japoneses nas redes sociais devem ser extremamente cuidadosos com o que comentam, porque mais tarde não conseguirão controlar a situação “.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments