Acusações foram apresentadas contra proprietários de site de vazamento de mangá no Japão O site continha textos e descrições inteiras dos capítulos

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Japão
©Kimetsu no Yaiba

O Departamento de Polícia da Província de Fukuoka apresentou acusações de violação de direitos autorais contra uma empresa e um funcionário de 44 anos que supostamente mantinha um “site de vazamento/spoiler de mangá” que postava capítulos de mangá quase em texto completo sem autorização e antes de sua publicação oficial.

De acordo com as acusações, a empresa com sede em Tóquio e o funcionário da cidade de Kanazawa postaram diálogos e imagens dos capítulos 60 e 62 do mangá Kengan Omega de Yabako Sandrovich nos dias 7 e 21 de maio. Eles supostamente viram os capítulos no aplicativo Manga ONE da Shogakukan, expuseram a história em texto com capturas de tela do mangá e a disponibilizaram no site. Segundo as autoridades, os suspeitos admitiram as acusações.

Em um comunicado, os editores do aplicativo Manga ONE revelaram que o site era ‘Manga-ru Muryou Manga Kansou Netabareview‘ (Manga-ru Free Manga Impressions and Spoilereviews), que abrigava não apenas o conteúdo de Kengan Omega, mas muitos outros títulos de mangá. Os editores esclareceram que, embora o site tivesse poucas imagens, publicava extensivamente as histórias desses mangás, ‘praticamente inalteradas’.

A declaração também observou que a Shogakukan solicitou primeiro ao provedor de serviços do site que fechasse a página em maio de 2020 e, em seguida, solicitou as informações de identificação pessoal dos mantenedores do site. O Tribunal Distrital de Tóquio decidiu em março de 2021 que a publicação não autorizada do texto da história do mangá é considerada violação de direitos autorais, e o tribunal ordenou que as informações dos mantenedores fossem divulgadas à Shogakukan. A editora alegou nesse pedido que os mantenedores publicaram quase todo o texto do diálogo para sessenta e três capítulos do Kengan Omega sem autorização, de janeiro de 2019 a maio de 2020.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.