Akira é banido da Russia para “proteger a saúde mental das crianças” Com esta são 13 produções japonesas banidas do país

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Akira
©Akira

Após a proibição da distribuição de vários títulos de anime isekai e shonen na Rússia, que aparentemente foram restritos por preocupação com o bem-estar mental dos jovens do país, o governo russo proibiu o clássico filme de anime de 1988, Akira, argumentando que pode “prejudicar a saúde e o desenvolvimento mental das crianças”.

Conforme anunciado pelo Serviço de Imprensa Unida dos Tribunais de São Petersburgo, por meio de sua conta oficial no Telegram em 5 de julho, o governo do país aceitou o pedido do promotor para proibir a distribuição da adaptação animada do mangá de Katsuhiro Otomo, Akira.

O tribunal observou ainda que esta decisão foi tomada considerando proibições anteriores emitidas contra outras séries de anime, incluindo Tokyo Ghoul, Death Note e Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku wo! (KonoSuba!). “Nos centros de pesquisa, são realizados experimentos parapsicológicos em pessoas para desenvolver o tipo perfeito de arma. E no país existe um culto religioso a um super-homem chamado Akira, cuja chegada, supostamente, resolverá todos os problemas do Japão. A informação pode ser prejudicial para a saúde e o desenvolvimento mental das crianças”, escreveu a declaração do tribunal.

Embora essas proibições tenham sido supostamente feitas para impedir que sites de distribuição pirata disponibilizem partes específicas de conteúdo adulto para públicos mais jovens, seus efeitos tiveram ramificações generalizadas para distribuidores legais como, por exemplo, serviços de streaming. Estes devem remover as séries afetadas de suas bibliotecas para evitar conflito com o governo russo.

Segundo o site russo de notícias de cultura pop GameMag, um dos streamings afetados pelas proibições foi o serviço russo Kinopoisk HD, que recentemente se viu obrigado a retirar Tokyo Ghoul de sua biblioteca de ofertas para cumprir com as últimas sentenças do Estado.

Com a proibição de Akira, o governo russo proibiu até agora a um total de treze produções de anime dentro de suas fronteiras, incluindo às três séries acima mencionadas, bem como Elfen Lied, Ishuzoku Reviewers, Inuyashiki, Naruto, Nekopara, Princess Lover, Tensei shitara Slime Datta Ken e Zombieland Saga.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments