Animes representam 81% das exportações de difusão do Japão Os serviços de streaming contribuíram muito para o aumento

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Animes
© One Piece

No dia 2 de junho o Ministério de Assuntos Internos e Comunicações do Japão revelou o seu relatório de 2018 referente à “Análise do estado da expansão do conteúdo de radiodifusão no exterior”.

De acordo com o estudo, o valor das exportações de conteúdo de difusão no ano fiscal de 2018 foi de 51,94 bilhões de ienes (cerca de 474 milhões de dólares), um aumento de 16,8% em relação ao ano anterior e um aumento de 3,7 vezes em relação aos 13,78 bilhões de ienes de 2013 (125 milhões de dólares).

Animes
©Netflix

Os direitos de streaming na Internet compreendem a maior parte do mercado com 33,5%, seguidos pelos direitos de merchandising com 31,8%, direitos de transmissão com 23,3%, direitos de remake com 8,1%, direitos de vídeo e DVD com 2,0% e outras receitas com 1,3%.

Todas as categorias tiveram uma tendência de crescimento em relação ao ano anterior, exceto os direitos de vídeo e DVD, mas as vendas de direitos de streaming na Internet são notáveis com um aumento de 8,5 vezes em relação ao valor de 2013. Esta categoria agora totaliza 17,39 bilhões de ienes (158 milhões de dólares).

O anime é o gênero dominante nas vendas de conteúdo de transmissão exportado e direitos de programas, compreendendo 81,1% e 82,6% das vendas, respetivamente.

Quanto às regiões exportadoras, a Ásia domina as vendas de conteúdo de difusão exportado com 50,5%, seguida pela América do Norte com 30,2% e Europa com 11,0%. Da mesma forma, a Ásia domina as vendas de direitos de programas com 61,0%, seguida pela América do Norte com 23,6% e Europa com 6,8%.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.