Diretor de Gintama revela que a China exige as séries terminadas trê meses antes da estreia Ele descreve o processo como muito exaustivo

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Gintama
©Gintama

O diretor de animação e roteirista japonês Shinji Takamatsu postou uma atualização no Twitter observando o estado atual da indústria de animação japonesa e sua dependência de investimentos da China. Takamatsu escreveu:

O período de produção dos animes hoje é tão longo que é difícil prever quando chegará o clímax do processo. No passado, era mais movimentado quando a série já estava no ar. Agora isso não acontece. Isso se deve ao aumento da produção de séries com todos os episódios finalizados, o que por sua vez se deve ao processo de revisão da China, que exige o trabalho concluído três meses antes da exibição. Em uma situação em que é difícil conseguir dinheiro no Japão, as vendas no exterior agora são vitais.”

Shinji Takamatsu continuou: “Ontem, tive uma reunião sobre um projeto que vai estrear no outono de 2021 (outubro-dezembro) e outro que vai estrear na primavera de 2022 (abril de 2022), que exaustivo! Dentro da indústria, se alguém disser: “Entregue os episódios três meses antes da estreia!“, Não temos escolha a não ser seguir essas instruções e não temos autoridade sobre a gestão da indústria.”

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments