Kimetsu no Yaiba – Homem é preso por vender DVDs piratas do anime Ele ainda negou a acusação

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Kimetsu no Yaiba
©Kimetsu no Yaiba

O departamento de Polícia da Prefeitura de Fukuoka relatou a prisão de um trabalhador de 40 anos sob suspeita de violação da Lei de Direitos Autorais ao vender reproduções não autorizadas dos DVDs da adaptação animada de Kimetsu no Yaiba por meio de vendas online. Foi relatado que o réu negou as acusações.

Kimetsu no Yaiba
©Kimetsu no Yaiba

A pessoa presa atende pelo nome de Koutarou Hattori e é um trabalhador de escritório de 40 anos que mora na cidade de Nakagawa, na província de Fukauok. As suspeitas vieram de uma denúncia anônima de duas pessoas da Prefeitura de Ibaraki que adquiriram os produtos sem saber que eram de origem ilegal.

No site de vendas os artigos eram anunciados como “versão estrangeira” e “sem comercial”, e vendidos a um preço significativamente inferior ao preço normal de mercado, o que seguramente atraiu compradores.

Kimetsu no Yaiba
©Kimetsu no Yaiba

Além disso, de acordo com a investigação realizada até agora, Hattori recebeu depósitos acumulados até abril de cerca de 11,5 milhões de ienes (mais de 110 mil dólares), de modo que a polícia suspeita que todo esse dinheiro poderia ter vindo de vendas desses itens. Em resposta aos resultados da investigação, o suspeito afirmou: “Suspeitei que não eram DVDs reais, mas acabei por confiar que se tratava de um produto legítimo e comecei a vendê-los“, negando posteriormente algumas das acusações.

Sinopse:

Japão, era Taisho. Tanjiro, um bondoso jovem que ganha a vida vendendo carvão, descobre que sua família foi massacrada por um demônio. E pra piorar, Nezuko, sua irmã mais nova e única sobrevivente, também foi transformada num demônio. Arrasado com esta sombria realidade, Tanjiro decide se tornar um matador de demônios para fazer sua irmã voltar a ser humana, e para matar o demônio que matou sua família. Um triste conto sobre dois irmãos, onde os destinos dos humanos e dos demônios se entrelaçam, começa agora. 

Mais sobre:

O mangá de Koyoharu Gotouge já inspirou um anime de televisão que estreou em abril de 2019.

Os principais membros da equipe da série anime estão retornando para a sequência. A TOHO e a Aniplex estão lidando com a distribuição do filme.

Haruo Sotozaki (Tales of Zestiria the X, Tales of Symphonia the Animation) dirigiu o anime na Ufotable (Fate / Zero, Kara no Kyoukai, Katsugeki: Touken Ranbu) também foi creditada pelos scripts. Akira Matsushima (Maria Watches Over Us, Tales of Zestiria the X) foi o designer de personagens, com Miyuki SatouYouko Kajiyama e Mika Kikuchi servindo como designers de sub-personagens. Yuki Kajiura (Sword Art Online, Fate / Zero, Madoka Magica) e Gou Shiina (Tales of Zestiria the X, Juni Taisen: Zodiac War, God Eater) compuseram a música. Hikaru Kondo produziu a série.

O mangá estreou na revista Weekly Shonen Jump em fevereiro de 2016.

A série de mangás está inspirando um novo jogo para smartphone intitulado Kimetsu no Yaiba: Keppuu Kengeki Royale além de um jogo de ação separado para PlayStation 4, intitulado Kimetsu no Yaiba: Hinokami Keppuutan.

Além disso, o mangá inspirou dois romances e uma peça de teatro.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments