Kyoto Animation – Incendiario será preso em 27 de Maio Após 10 meses internado ele finalmente será levado ao tribunal.

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Kyoto animation
©Kyoto animation

Após 10 meses desde o incêndio criminoso no estúdio nº 1 da Kyoto Animation, que resultou na morte de 36 pessoas e feriu outras 33, o incendiário já recuperado das queimaduras de 3º grau que sofreu, já está em condições de ser oficialmente preso e levado a tribunal pelo crime.

A polícia da província de Kyoto prendeu na época, um homem de 41 anos que usou gasolina para iniciar o incêndio. O homem supostamente comprou 40 litros de gasolina e usou um carrinho para transportar a gasolina para o edifício Studio 1 da Kyoto Animation, no entanto a polícia ainda não tinha formalizado a detenção, pois ele ainda estava no hospital se recuperando dos ferimentos causados pelo incêndio.

Sobre as doações às famílias:

Atualmente, o governo da prefeitura de Kyoto está no processo de determinar a distribuição de 3.314.438.000 ienes (cerca de 30 milhões de dólares) em doações para os feridos e as famílias das vítimas do ataque.

Segundo a Kyodo News já começaram as compensações às famílias das vítimas falecidas, com as aprovações sendo enviadas já em novembro passado. Esses pagamentos são baseados na compensação dada às vítimas e às suas famílias do ataque com gás sarin de 1995 em Tóquio por serem “crimes relacionados com o trabalho”. Por motivos de privacidade não foi revelado nenhum detalhe sobre o que as reivindicações incluíam ou quanto foi distribuído.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
dan Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
dan
Visitante
dan

Mesmo recuperado, deve estar com a aparência terrível…
Com certeza vai receber a mesma pena que o terrorista do Gás Sarin de 1995: pena de morte, mesmo que só executada em 2018.