P.A.WORKS estaria em decadência Te falta bons roteiros...

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
P.A.WORKS
©P.A.WORKS / Shiroi Suna no Aquatope

O portal japonês Myjitsu publicou um artigo observando que nas redes no Japão você pode ler opiniões sobre ‘o declínio‘ dos estúdios de animação P.A.WORKS, depois que o anime original Shiroi Suna no Aquatope aparentemente não atendeu às expectativas. De acordo com o artigo, a única saída do estúdio até o momento é eles pararem de fazer animes originais e fazerem adaptações, já que está faltando um membro chave.

“P.A.WORKS é uma produtora de animação que produziu muitas obras-primas como “Hanasaku Iroha: Blossoms for Tomorrow” e “SHIROBAKO”. No entanto, o ‘declínio’ da empresa recentemente se tornou um tema quente entre os fãs de anime. O declínio do P.A.WORKS parece ser simbolizado por ‘Shiroi Suna no Aquatope (O Aquatope na areia branca)’, que foi ao ar de julho a dezembro de 2021.”

“A série era uma animação original completamente nova, ambientada em um pequeno aquário de Okinawa. A equipe principal reuniu Toshiya Shinohara (diretor) e Yuuko Kakihara (composição da série), todos os quais trabalharam em ‘Irozuku Sekai no Ashita kara (Iroduku: The World in Colors).’ A história gira em torno de duas garotas do ensino médio, Kukuru Misakino, que trabalha em um aquário, e Fuuka Miyazawa, um ex-ídolo que fugiu de Tóquio.”

“No entanto, quando o último episódio da série foi ao ar em 17 de dezembro de 2021, houve muitos comentários amargos dos fãs: “Acabou uma coisa bem, mas foi muito chato”,“Continuei assistindo para Miku Itou, mas o segundo arco estava completamente vazio para mim”,“Que primeira metade chata!”, e “Lixo no mesmo nível que te faz pensar que Sakura Quest foi uma obra-prima.”

“Talvez tenha sido a qualidade do roteiro que tornou “Shiroi Suna no Aquatope (O Aquatope na areia branca)” tão impopular. O tema dessa obra era “guardiões do aquário”, e era um anime de “trabalho” como “SHIROBAKO”. No entanto, a inclusão de vários elementos como espiritualidade, drama humanístico e yuri (um tipo de história de amor) parece ter ficado no esquecimento.”

“Foi no início de 2010 que a P.A.WORKS se tornou conhecida. Em particular, seu trabalho com Mari Okada como compositora e roteirista de séries, como “Hanasaku Iroha: Blossoms for Tomorrow” (2011) e “Nagi no Asu kara (A Lull in the Sea)” (2013), foram altamente elogiado. No passado, as histórias dinâmicas eram a ‘flor’ da P.A.WORKS.”

“No entanto, Okada não foi membro principal de nenhuma animação televisiva desde então. E nenhum dramaturgo alternativo em seu nível foi ainda descoberto. O resultado disso é que não há mais nenhum anime original de alto perfil. Além da história, os visuais sempre foram muito elogiados. Sem alguém para escrever histórias, a saída do P.A.WORKS é que eles começam a adaptar mangás ou romances e deixam de lado os animes originais. P.A.WORKS está agora em uma encruzilhada importante.”

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.