Science SARU pode retaliar animadora que comentou sobre as condições de trabalho do estúdio O estúdio exigiu explicações sobre as recentes declarações dela

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Science SARU
©Science SARU

Há poucos dias, o portal Anime News Network publicou uma entrevista com a animadora Joan Chung, que trabalhou nos estúdios Science SARU entre dezembro de 2019 e junho de 2021. Chung fez alguns comentários sobre o ambiente de trabalho em estúdio, destacando: “Eu tenho algumas histórias horríveis desta época, felizmente menos do que alguns dos concorrentes da Science SARU. Mas um estúdio não deveria ter suas garotas de vinte e poucos anos chorando no banheiro, passando a noite inteira trabalhando. Nem deve ter uma programação de produção tão apertada que não possa acomodar a saúde mental do gerente de produção.”

Isso acabou chegando à administração do estúdio, que notificou Chung dos comentários que ela havia feito. A animadora postou uma atualização sobre isso, contando o que aconteceu: “Na sexta-feira (23 de julho), recebi um e-mail da Science SARU pedindo uma explicação para o artigo da Anime News Network. Eles me explicaram que, embora a ação legal fosse o último recurso, ela ainda estava em jogo. No entanto, eles deixaram claro para mim que queriam resolver o assunto pacificamente. Daqui em diante, irei imitá-los. Se você busca paz, eu também vou. Se eles entrarem com uma ação legal, vou processá-los por horas extras e negligência grave com a saúde e segurança dos trabalhadores.”

Na sua entrevista, a animadora não só comentou sobre os estúdios Science SARU, mas também sobre a indústria de anime em geral e o aumento gradual da sua dependência de serviços de streaming, especialmente Netfix: “Já que o Netflix cresceu 546% em 5 anos, penso é razoável que os estúdios de anime iniciem negociações estratégicas para aumentar seus orçamentos de produção. Dito isso, prevejo problemas.”

Chung destacou que enquanto houver animadores dispostos a continuar trabalhando com ritmos impossíveis e salários precários, as coisas não mudarão, acrescentando que a divisão da Netflix Japan certamente já está ciente da situação, por isso as negociações para orçamentos maiores e, consequentemente, salários mais altos são praticamente impossíveis com tal empresa.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments